11 maio, 2011

Importados absorvem dois terços da alta do consumo

De brinquedos que custam centavos a maquinários que valem milhares de dólares, os produtos importados invadiram o mercado brasileiro e, no primeiro trimestre deste ano, foram responsáveis por dois terços do aumento do consumo no País. Em Bauru, esta tendência - por um lado positiva por demonstrar o crescimento do poder de compra de seus moradores - reflete de maneira negativa no setor industrial, cada vez menos competitivo diante dos baixos preços dos produtos estrangeiros.

Segundo levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o consumo aparente registrou alta de 4% no primeiro trimestre de 2011, mas a indústria nacional aproveitou apenas 35,9% desta variação sobre o primeiro trimestre de 2010, enquanto os produtos estrangeiros captaram 64,1% do mercado interno.

Os resultados - que integram os coeficientes de exportação e importação (CEI) divulgados ontem pelo Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Fiesp - apontam para o aumento do poder aquisitivo das classes C e D e para o chamado processo de desindustrialização, que também faz parte da realidade bauruense.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: