31 maio, 2011

Japão e Peru assinam acordo de livre comércio

Japão e Peru assinaram um Tratado de Livre Comércio (TLC) e Investimentos que permitirá a redução das taxas de importação nos dois países, informou a agência de notícias Kyodo.

O acordo permitirá reduzir ou eliminar as taxas de importação para mais de 99% dos bens que integram a pauta exportadora entre as duas nações.

O Acordo de Associação foi assinado pelo ministro das Relações Exteriores japonês, Takeaki Matsumoto, e por Eduardo Ferreyros Kuppers, ministro peruano do Comércio Exterior e Turismo, em Tóquio.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportações tem aumento de 54% de janeiro a abril no MS

As exportações continuam em franca ascensão em Mato Grosso do Sul. Conforme dados da Balança Comercial Brasileira, divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, de janeiro a abril, o volume de negócios com o mercado internacional já alcançou US$ 1.072.767.758, ou seja, aumento de 54,4% se comparado aos US$ 695.070.977 exportados no mesmo período do ano passado no Estado.

Com esse montante, as exportações alcançaram uma média diária US$ 8,9 milhões em MS. Apenas em abril, as remessas de produtos do Estado ao exterior atingiram o volume de US$ 380 milhões, o que representa um crescimento de 25,7%, em relação aos US$ 263 milhões negociados com o mercado internacional no mesmo período do ano passado.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

PMDB vê Palocci fraco e quer nova articulação política

O PMDB quer mudanças na articulação política do Palácio do Planalto e duvida da sobrevivência no cargo do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. O diagnóstico, que atinge em cheio o núcleo político do governo, começou a ser propalado ontem por líderes do partido como efeito colateral do desgaste provocado pelas cobranças ásperas do Planalto ao partido depois da derrota na votação do Código Florestal. A cúpula peemedebista avalia que houve quebra de confiança na relação com o PT e a presidente Dilma Rousseff.

Foi neste clima que Michel Temer reuniu na segunda-feira, 30, a bancada do PMDB no Senado para um jantar no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência. Dos 18 senadores do partido, apenas Jarbas Vasconcelos (PE) avisou que não compareceria. Pela manhã, a presidente entregou o cargo interinamente a Temer antes de viajar para o Uruguai.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Trens da CPTM apresentam falha na manhã desta terça-feira

Um defeito na tração deum trem na estação General Miguel, na linha 8 – Diamante da CPTM causou problemas aos passageiros na manhã desta terça-feira. A falha aconteceu por volta das 7h no sentido Júlio Prestes. Os passageiros tiveram que descer e embarcar no trem seguinte.

A linha 9 - Esmeralda da CPTM também apresentou problemas.  Às 7h30 de hoje, uma composição que seguia em direção a Osasco apresentou um defeito no sistema de ar condicionado. O trem foi retirado de circulação quando estava na estação Pinheiros, prejudicando a circulação das demais composições.

De acordo com a CPTM, a circulação nas duas linhas já foi normalizada.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

20 maio, 2011

Produção de leite terá controle mais rigoroso a partir de julho

A partir de julho de 2011, todo o leite produzido no país deverá seguir critérios para a produção, industrialização, transporte, conservação e manuseio. As regras foram definidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da Instrução Normativa 51 (IN-51), e estabelecem parâmetros mais rigorosos com reduções nos limites permitidos de células somáticas e contagem bacteriana total.

Visando melhorar a qualidade do produto e sensibilizar produtores, técnicos e consumidores sobre os impactos socioeconômicos decorrentes desse fator, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Instituto BioSistêmico (IBS), promovem a Expedição Via Láctea. Com patrocínio da Ourofino Agronegócio e Weizur Brasil, o evento ocorre de 17 de maio a 1º de julho.

A expedição percorrerá 51 regiões em seis Estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Goiás. Dez delas serão em Goiás, com o propósito de difundir e compartilhar conhecimentos sobre as questões relacionadas à qualidade do leite.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportação de MT alcança melhor momento e fatura US$ 1,09 bilhão

As exportações de Mato Grosso alcançaram o melhor momento do ano, no mês passado. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o Estado faturou US$ 1,09 bilhão em abril. No valor acumulado dos primeiros quatro meses deste anos, as exportações apresentam um faturamento de US$ 3,09 bilhões. Este valor é 7,36% acima do faturamento registrado no mesmo período do ano passado, quando atingiu US$ 2,88 bilhões.

Já na comparação entre abril deste ano com o ano passado, houve um acréscimo de 19,2%. Enquanto neste ano foram faturados US$ 1,09 bilhão, no mesmo mês do ano passado, a comercialização de produtos ficou em US$ 923,1 milhões. Com estes números, Mato Grosso passa a ser o oitavo principal estado exportador brasileiro, desbancando a Bahia. Antes destes números, o Estado ocupava a nova posição. Já na região Centro-Oeste, Mato Grosso é líder absoluto.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

É decrescente a participação das exportações na produção brasileira de carne de frango

Embora seja prematuro afirmar que essa possibilidade irá se concretizar, mantido o comportamento médio observado em quase 40 meses (isto é, desde janeiro de 2008 até março de 2011), as exportações brasileiras de carne de frango tendem a encerrar o presente exercício absorvendo menos de 30% da produção brasileira de carne de frango.

Isso depende, claro, da relação entre produção total e exportações. Mas, parece, a produção vem se expandindo em um ritmo bem mais rápido que as exportações. Daí uma menor representatividade destas na produção global – o que, em contrapartida, significa aceleração da oferta interna.

Nos nove primeiros meses de 2008 – ou seja, antes que os efeitos da crise econômica nascida nos EUA desabassem sobre o mundo – a carne de frango exportada pelo Brasil absorveu 35% da produção total - foi o melhor índice de todos os tempos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Itália elogia discurso de Obama ao Oriente Médio

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, elogiou o discurso ao Oriente Médio feito ontem pelo norte-americano Barack Obama, no qual foi anunciado o apoio de Washington à criação de um Estado palestino de acordo com as fronteiras anteriores a 1967.

"Fiquei muito encorajado pelo discurso de ontem do presidente Barack Obama", disse o chefe de Estado ao participar de um evento no Defence College da Otan.

O discurso também foi bem recebido pelo ministro italiano das Relações Exteriores, Franco Frattini, que ressaltou que Roma concorda com as ideias apresentadas no pronunciamento.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Brasil pede transparência na escolha do FMI

O governo do Brasil deixou claro ontem que quer um processo aberto e transparente para selecionar o próximo dirigente do Fundo, enquanto o ex-gerente-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) Dominique Strauss- Kahn recebia direito a liberdade sob fiança nos EUA. Para o presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, "é hora de abrir o processo". Ainda ontem, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que atua para que os países emergentes tenham uma participação ativa na definição do FMI. A posição brasileira foi reforçada por China e Japão, que também pediram um processo aberto e transparente, "baseado no mérito".

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

17 maio, 2011

TAM admite atraso na fusão com a LAN por entraves no Chile

A TAM revisou seu prazo para a conclusão da sua fusão com a companhia aérea chilena LAN. A empresa esperava receber as aprovações das autoridades brasileiras e chilenas de seis a nove meses após a assinatura do acordo. O pedido de realização de uma audiência pública para esclarecer o negócio, feito por uma associação de consumidores chilena, fará com que o processo se alongue.

“Houve uma revisão de prazo por conta da audiência pública no Chile”, afirmou ao iG o presidente do grupo TAM, Marco Antonio Bologna. A expectativa dele é que as empresas conseguirão as autorizações, mas não antes do fim deste ano.

O primeiro percalço do negócio ocorreu no dia 28 de janeiro, quando o Tribunal de Defesa da Livre Concorrência (TLDC) aceitou o pedido da Corporação Nacional de Consumidores e Usuários do Chile (Conadecus) de investigar os impactos da fusão de TAM e LAN.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Brasil e outros cinco emergentes redefinirão economia global

O Brasil está incluído em um grupo de seis economias emergentes que, segundo o Banco Mundial, irão redefinir a estrutura econômica global no futuro próximo.

De acordo com um relatório lançado nesta terça-feira, em Washington, até 2025 as economias do Brasil, China, Índia, Rússia, Indonésia e Coreia do Sul vão responder por mais da metade do crescimento global.

“À medida que o poder econômico muda, essas economias bem-sucedidas vão ajudar a conduzir o crescimento em países de baixa renda por meio de transações comerciais e financeiras transfronteiriças”, diz o documento.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Bovespa abre perto da estabilidade em meio à cautela

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu o dia perto da estabilidade, em meio à cautela de investidores com as dívidas dos países periféricos da Europa, especialmente a Grécia. Nesta manhã, porém, diminuiu o nervosismo que abatia os mercados ontem, quando a prisão do diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, acusado de estupro, abalou os negócios. O clima ainda é de cuidado no Ocidente, após o escândalo continuar repercutindo nos mercados asiáticos. Às 10h09 (horário de Brasília), o índice Bovespa (Ibovespa) subia 0,02%, aos 62.842 pontos.

Ontem, a aprovação do pacote de ajuda financeira de 78 bilhões de euros para Portugal pelos ministros de Finanças da União Europeia (UE) não conseguiu melhorar substancialmente o clima dos negócios, mas amenizou o sentimento de aversão ao risco. Agora, todas as atenções estão voltadas para a Grécia e cada vez mais as autoridades admitem que será preciso mudar o perfil da dívida grega, embora evitem pronunciar a palavra "reestruturação". Por isso, os investidores vão ficar em estado de alerta com as discussões que prosseguem hoje em Bruxelas, onde estão reunidos os ministros de Finanças.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Estação de metrô levará boom imobiliário ao Butantã

O diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, afirmou nesta terça-feira em teleconferência com analistas e investidores que o preço do barril de petróleo extraído do pré-sal deverá ser superior ao do tipo Brent, negociado na Europa. Segundo ele, esta será uma das principais vantagens competitivas do Brasil no mercado internacional.

Atualmente, o petróleo brasileiro é mais pesado que o encontrado no mercado internacional, o que faz com que ele seja comercializado com preço inferior. No primeiro trimestre deste ano, o barril de petróleo brasileiro foi vendido no mercado internacional por US$ 94, ante US$ 105 do petróleo tipo Brent. A diferença média anterior costumava ficar em US$ 3, mas agora está em torno de US$ 11.

Isso ocorre porque as tensões no Oriente Médio e no norte da África fizeram com que ficasse mais escasso o petróleo do tipo leve vindo daquela região - especialmente da Líbia. Além disso, as refinarias que o recebiam estavam preparadas para refinar este tipo de óleo. Os mais pesados, como o do Brasil, não acompanharam este aumento da demanda e a simultânea redução da oferta.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

11 maio, 2011

Exportações: Brasil foca commodities

Venda externa de matérias-primas faz País perder espaço no comércio de produtos mais tecnológicos

O Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) divulgou um estudo hoje que confirma o que diversos setores do mercado produtivo vêm alertando: o Brasil tem focado suas exportações em commodities e perdido espaço na venda de produtos de maior intensidade tecnológica, de maior valor.

Na análise dos autores do material, Fernanda De Negri e Gustavo Varela Alvarenga, a perda de participação do mercado do Brasil coincide com o aumento da participação das commodities na pauta, a partir de 2006 e se acentua depois da crise, entre 2008 e 2009.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Importados absorvem dois terços da alta do consumo

De brinquedos que custam centavos a maquinários que valem milhares de dólares, os produtos importados invadiram o mercado brasileiro e, no primeiro trimestre deste ano, foram responsáveis por dois terços do aumento do consumo no País. Em Bauru, esta tendência - por um lado positiva por demonstrar o crescimento do poder de compra de seus moradores - reflete de maneira negativa no setor industrial, cada vez menos competitivo diante dos baixos preços dos produtos estrangeiros.

Segundo levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o consumo aparente registrou alta de 4% no primeiro trimestre de 2011, mas a indústria nacional aproveitou apenas 35,9% desta variação sobre o primeiro trimestre de 2010, enquanto os produtos estrangeiros captaram 64,1% do mercado interno.

Os resultados - que integram os coeficientes de exportação e importação (CEI) divulgados ontem pelo Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Fiesp - apontam para o aumento do poder aquisitivo das classes C e D e para o chamado processo de desindustrialização, que também faz parte da realidade bauruense.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Alemanha bate recorde mensal de exportações

Os exportadores alemães estão em estado de graça: nunca venderam tanto para o mercado externo como agora. De acordo com o Departamento Federal de Estatísticas da Alemanha (Destatis), o país exportou 98,3 bilhões de euros apenas em março – 15,8% a mais do que no mesmo mês do ano passado. Um recorde absoluto desde 1950, ano em que os dados da balança comercial da economia mais forte da Europa começaram a ser compilados. O pico anterior havia sido registrado em abril de 2008 – antes da crise – quando o país vendeu 88,8 bilhões de euros para outros países.

Com esses excelentes resultados logo no início do ano, a expectativa agora é de que a quebra de recorde se estenda para o resultado final de 2011 – que pode superar o trilhão de euros. Observadores mais animados já enxergam uma década de ouro para a economia alemã.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

06 maio, 2011

Governo cria empresa estatal do trem-bala

O governo federal publicou no dia 5 no Diário Oficial da União a lei que autoriza a criação da Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade S.A. (Etav), estatal que vai supervisionar a execução das obras de infraestrutura e a implantação do trem de alta velocidade (TAV) que ligará as cidades de Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro. A criação da Etav foi aprovada no mês passado pelo Congresso Nacional.

A estatal também irá buscar os licenciamentos ambientais necessários ao empreendimento, elaborar estudos, pesquisas tecnológicas e de inovação relativas ao transporte ferroviário de alta velocidade, além da absorção da transferência de tecnologia do trem-bala.

A Etav será organizada sob a forma de sociedade anônima de capital fechado, com a União detendo o controle acionário da empresa. A empresa, vinculada ao Ministério dos Transportes, terá sede em Brasília e escritórios em Campinas e no Rio de Janeiro.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Novo traçado na BR-381 acabará com curvas perigosas em MG

Os municípios de São Gonçalo do Rio Abaixo, João Monlevade, Rio Piracicaba e Bela Vista de Minas, localizados na região central de Minas Gerais, vão ficar fora do traçado da BR-381 após a duplicação da rodovia. O projeto elaborado pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) prevê uma nova rota do rio Una, em Barão de Cocais, até Nova Era. As informações são do Hoje em Dia.

Ainda não há uma previsão de quando as intervenções nesse lote - chamado de 9 - começam. Já nos lotes 7 e 8 os trabalhos devem começar em setembro. Estes dois englobam o trecho do Anel rodoviário, a partir da avenida Cristiano Machado, em Belo Horizonte, até Barão de Cocais. O custo será de R$ 770 milhões. Os detalhes do projeto foram apresentados em uma audiência pública realizada na quinta-feira (5), na sede do Dnit.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Brasil será o 13º país a estourar topo da meta de inflação

Países ricos e em desenvolvimento enfrentam – em diferentes estágios – um problema em comum no atual momento da economia global: a luta contra a inflação. Apesar dos esforços de governos e Bancos Centrais mundo afora, por enquanto, a disparada nos preços tem vencido a disputa. E o Brasil passará a integrar a lista de países que têm a inflação acima do centro da meta estabelecido pelo governo.

Adotado no Brasil em 1999, o regime de metas de inflação estabelece um índice central e uma banda de variação. Para 2011, o centro da meta para o IPCA é de 4,5% com limite de dois pontos percentuais para cima (6,5%) ou para baixo (2,5%).

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

PIB da Espanha segue fraco no 1º tri e produção industrial cai em março

A economia da Espanha manteve um crescimento fraco nos três primeiros meses deste ano, segundo informações do Banco da Espanha. Uma queda na produção industrial em março, divulgada separadamente pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), ficou em linha com essa visão.

O Produto Interno Bruto (PIB) da Espanha cresceu 0,2% no primeiro trimestre, em comparação com o quarto trimestre de 2010, de acordo com o boletim mensal do banco central do país. Essa foi a mesma taxa de expansão registrada nos três últimos meses do ano passado. Em base anual, o PIB espanhol cresceu 0,7%.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

02 maio, 2011

Trens circulam normalmente na linha Verde do Metrô

A circulação de trens da Linha 2-Verde (Vila Prudente-Vila Madalena) do Metrô já havia sido normalizada, por volta das 9h45 desta segunda-feira (2), segundo informou a assessoria do Metrô. Mais cedo, os trens circulavam com maior intervalo entre uma composição e outra.

O problema era causado por uma falha no equipamento de via entre as estações Consolação e Clínicas.

As plataformas da linha Verde do Metrô ficaram cheias de passageiros. As viagens eram feitas com trens lotados.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Custos aumentam e põem o setor avícola em alerta

O aumento dos custos de produção e a valorização do real diante do dólar podem já estar afetando a indústria avícola brasileira, que nota uma desaceleração no ritmo das exportações. Maior produtor e exportador de frango do país, o Paraná também se mostra preocupado com possíveis perdas no mercado externo e já procura alternativas para compensar a desaceleração das exportações registrada no primeiro trimestre do ano em comparação ao mesmo período de 2010.

Em relação ao início do ano passado, o milho e o farelo de soja, principais componentes da ração das aves, estão 70% e 40% mais caros, respectivamente. No mesmo período, o real ficou 7% mais caro em relação à moeda norte-americana. Para compensar o aumento dos custos, os exportadores têm elevado os preços.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Justiça derruba liminar que desobrigava parte dos vinhos importados de colocarem o Selo Fiscal

Agora, todos os vinhos nacionais ou importados, associados ou não à ABBA, passam a ser obrigados a colocar o Selo de Controle Fiscal

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região de Brasília revogou a liminar que desobrigava os associados da Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA) de colocar o Selo de Controle Fiscal nos vinhos importados. Agora, todos os vinhos – nacionais ou importados –, associados ou não à ABBA, passam a seguir a norma vigente (IN-RBF 1026/2010 e IN-RBF 1065/2010), que obriga a colocação de selos da cor vermelha nos produtos importados e da cor verde nos nacionais desde o dia 1º de janeiro deste ano. Conforme a Receita Federal, já foram entregues cerca de 10 milhões de unidades selos para os vinhos importados no primeiro trimestre deste ano.

Segundo a consultora jurídica do Ibravin, Kelly Bruch, os efeitos desta decisão devem se estender inclusive aos vinhos que entraram no Brasil a partir de 1º de janeiro de 2011 e continuam sem selo com base na liminar conquistada pela ABBA, a qual acaba de ser revogada pelo TRF1. “Não há que se falar em ilegalidade do selo. Se fosse mantida a liminar inicial, será grande a perda na arrecadação tributária, acarretando graves prejuízos à ordem econômica, além de afetar o mercado de vinhos”, afirmou em sua decisão o desembargador federal Olindo Menezes, do TRF1. O desembargador ainda salienta que se o processo de selagem não poderá impedir totalmente o descaminho na importação de vinhos, é evidente que ele certamente auxiliará na coibição da conduta criminosa, posto que se trata de um instrumento auxiliar eficaz para dar suporte à atividade fiscalizatória.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística