24 março, 2011

Indústria têxtil registra aumento de 25% nos produtos

A indústria têxtil registra aumento de 25% nos produtos em consequência da alta no valor do algodão na safra 2009/2010, acumulada em 166%. Além do acréscimo no último ano, a Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) prevê valorização de mais 20% para compensar o impacto do reajuste da commodity, responsável por cerca de 40% do custo de produção dos tecidos. Em Mato Grosso, algumas empresas já sentem os reflexos e amargam queda nas vendas.

O presidente do Sindicato das Indústria de Vestuário de Mato Grosso (Sindivest), Sérgio Antunes, explica que o repasse ao consumidor é inevitável e que a tendência é que os preços continuem em ascensão. Segundo ele, nas empresas onde não houver redução na qualidade os produtos ficarão mais caros. "Não há como absorver tudo, nem repassar tudo também. Porém parte destes incrementos já foram transferidos ao preço final do produto, mas em menor escala".

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: