14 janeiro, 2011

Troca modal reduz em quase 90% emissões de CO2

Empresa santista especializada na criação de projetos multimodais onde a ferrovia é mais bem explorada no transporte de contêineres, reduzindo drasticamente a emissão de CO2, concorre a prêmio pelo trabalho desenvolvido no Porto de Santos-SP.

Um case de modelo organizacional de "modal shift" desenvolvido pela ITRI RODOFERROVIA, empresa de Santos (SP), poderá ser premiado em 2011. O sistema, que avalia a possibilidade de trocar um modal com alta emissão de CO2 na atmosfera por outro que na atividade de transporte agrida menos o meio ambiente, colocou a empresa na concorrência. O projeto de troca modal desenvolvido pela ITRI reduziu em cerca de 90% as emissões de CO2.

O modelo adotado para um transporte sustentável é aplicado no Porto de Santos e vem sendo utilizado por uma grande montadora japonesa desde a paralisação da entrada de vagões com contêineres nas linhas férreas adjacentes às áreas retro-portuárias da Libra terminais, no corredor de exportação do complexo portuário santista.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: