14 outubro, 2011

Viracopos deverá se tornar o maior aeroporto do país em 2023

Com a previsão de três novas pistas e um novo terminal de passageiros, o aeroporto de Viracopos, em Campinas, se tornará o maior do país em 2023, exigindo da empresa que assumir sua concessão investimentos de até R$ 11,4 bilhões nos 30 anos de vigência do contrato. No fim do período, passarão por Viracopos cerca de 90 milhões de passageiros todos os anos, 16 vezes mais que o fluxo observado em 2010.

Os dados constam dos estudos econômico-financeiros que o governo apresentou nesta quinta-feira ao Tribunal de Contas da União (TCU), passo necessário antes da publicação dos editais definitivos de concessão dos aeroportos de Viracopos, de Guarulhos e de Brasília. Nos estudos, foram apresentados projeções de demanda, exigências de obras de ampliação da infraestrutura, valores de investimentos e os lances mínimos de disputa entre os grupos interessados.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

China chama atenção do mercado global

Embora a crise na zona do euro e nos Estados Unidos ainda não tenha alcançado um desfecho, o foco de atenção do mundo começa a se voltar para a Ásia. Ontem, o Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou do risco de uma bolha imobiliária na China se o governo não incentivar as instituições financeiras a oferecerem mais opções de poupança às pessoas físicas. Outro alerta veio do economista-chefe para a Ásia do HSBC, Frederic Neumann. Ele afirmou, em Tóquio, que o sentimento dos investidores em relação à China se deteriorou rapidamente.

Ao mesmo tempo o FMI afirmou que o Japão deve fazer mais para convencer os investidores de que tem um plano para pôr em ordem sua situação fiscal.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Receita da exportação do agronegócio cresce

A alta no dólar já começa a refletir no agronegócio brasileiro. Em setembro, a agricultura e a pecuária registraram o recorde de US$ 9,3 bilhões, num crescimento  de 27,4% em relação à igual período de 2010. As importações aumentaram 28,4% e chegaram ao US$ 1,5 bilhão. Como resultado, a balança comercial do agronegócio teve saldo positivo de US$ 7,8 bilhões no mês.

O incremento das exportações foi consequência da contribuição, principalmente, de quatro setores: complexo soja (+US$ 768 milhões em negócios de 2010 para 2011), café (+US$ 260 milhões), sucroalcooleiro (+US$ 250 milhões) e cereais, farinhas e preparações (+US$ 209 milhões). Juntos, eles responderam por 81,7% do aumento das vendas externas.

As exportações do agronegócio em setembro tiveram um crescimento expressivo de 66,6% para a Ásia, possibilitando ao continente aumentar a sua participação de 29,6% no total dos envios no ano passado para 38,7% em setembro recente. A soma da parcela da Ásia com a União Europeia (responsável por 22,3% da quota de mercado) correspondeu a 61% do total negociado para o mercado externo no mês.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Brasil poderá aumentar participação no FMI, diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira que o Brasil poderá aumentar sua participação no Fundo Monetário Internacional (FMI), cujos recursos poderão ser usados para conter a crise da dívida da Zona do Euro. "Hoje nós temos recursos aplicados no Fundo Monetário. Possivelmente, inclusive, nós iremos ter uma maior participação", disse Dilma, durante assinatura do pacto Brasil sem Miséria com governadores da Região Sul, em Porto Alegre.

Ministros das Finanças do G20 reunidos em Paris neste fim-de-semana discutem propostas para dobrar o capital do FMI como forma de ajudar a Europa. O plano, contudo, enfrenta resistência dos Estados Unidos, que afirmaram que os recursos já disponíveis no Fundo seriam suficientes. Os ministros preparam terreno para a reunião dos presidentes do grupo no mês que vem, que deverá ser dominada pela crise da zona do euro e como evitar um contágio maior.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Avianca anuncia a chegada de quatro novas aeronaves em 2011

A empresa aérea Avianca anunciou neta sexta-feira a chegada de quatro novas aeronaves ainda este ano, modelo Airbus A-320, com capacidade de até 162 passageiros. Para o próximo ano é aguardada a chegada de mais cinco. Até o final de 2011, a empresa vai operar com 26 aeronaves.

Com as aeronaves, a Avianca espera atingir um crescimento em 70% em passageiros transportados em janeiro de 2012, na comparação com o mesmo período deste ano. Além disso, um crescimento de 90% em oferta de assento por km.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

11 outubro, 2011

Exportações do Brasil atingiram em Setembro a média de mil milhões de dólares por dia útil

As exportações brasileiras atingiram, em Setembro passado, uma média de mil milhões de dólares por dia útil, de acordo com informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Dados divulgados pelo MDIC indicam que as exportações brasileiras atingiram 190 mil milhões de dólares em 189 dias úteis nos nove primeiros meses do ano, contra uma média de 992 milhões de dólares por dia útil até final de Agosto passado.

A série histórica da balança comercial, divulgada pelo MDIC, revela que o crescimento das exportações, pela média diária foi de 330% nos últimos dez anos, sendo que em 2001, a média diária de vendas externas brasileiras era de 233 milhões de dólares.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Banco Central Europeu diz que "recapitalização dos bancos" é urgente

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, afirmou nesta terça-feira (11) que a crise da dívida atingiu uma dimensão sistêmica, e pediu atuação rápida e coordenada da União Europeia para recapitalizar os bancos. "A crise é sistêmica e tem de ser abordada com determinação. Os governos e as autoridades nacionais, assim como as instâncias europeias, têm de estar à altura da situação e atuar com rapidez. Se houver mais demoras isso só agravará a situação", afirmou.

A "recapitalização" dos bancos está sendo considerada, pelos governos da França e da Alemanha, como a solução para evitar o que ocorreu em 2008, quando a paralisação dos empréstimos entre os bancos levou o mundo, principalmente os países desenvolvidos, para uma recessão de grandes proporções. No domingo, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmaram que a recapitalização será realizada, mas que ainda divergiam quanto à forma como isso deveria ocorrer.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Petrobras pode vender refinaria no Japão

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, afirmou hoje que a refinaria Nansei Sekiyu, em Okinawa (Japão), poderá estar entre os ativos que serão vendidos pela companhia. 'Mas a decisão ainda não foi tomada', disse o executivo, em entrevista à imprensa, em Londres, após participar do evento Oil & Money, promovido pela Energy Intelligence e o International Herald Tribune.

A Petrobras anunciou neste ano a estratégia de fazer desinvestimentos no valor total de US$ 13 bilhões. Gabrielli reforçou que a maior parte estará fora do País e que o pré-sal não faz parte da lista. O executivo acredita que a estatal não terá dificuldades para encontrar compradores, mesmo em meio à crise financeira internacional. 'A crise não é de liquidez. Há grande montante de recursos à disposição. O que temos são compradores seletivos para os melhores projetos', disse.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

PIB agropecuário cresce 4,85% no 1º semestre puxado por grãos

O Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária cresceu 0,61% em junho, elevando para 4,85% a expansão do PIB do setor primário no primeiro semestre de 2011 na comparação com o mesmo período de 2010, de acordo com análise divulgada na última sexta-feira (7/10) pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O estudo, elaborado em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), mostra que o aumento do volume produzido e a elevação dos preços médios de alguns produtos agrícolas, como algodão, café, milho, laranja, soja e carne bovina, justificam o crescimento do PIB.

A avaliação da CNA e do Cepea aponta que o segmento agrícola vem impulsionando o bom desempenho do setor básico, enquanto as taxas de crescimento da pecuária, ainda que positivas, freiam o ritmo de crescimento da agropecuária. O crescimento agrícola foi de 0,90%, em junho, o que ampliou para 6,75% o desempenho positivo no ano. Na pecuária, o crescimento ao longo de 2011 foi menos expressivo, mas também positivo, com taxas de expansão de 0,22%, em junho, e de 2,43%, no acumulado dos seis primeiros meses do ano.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

26 setembro, 2011

Jamef incentiva a contratação de pessoas com deficiência

A Jamef Encomendas Urgentes (www.jamef.com.br), empresa de transporte de cargas fracionadas que atua no país há 48 anos, reflete em cada atitude o seu compromisso com a sociedade e sua relação de respeito com as pessoas. Prova disso é o incentivo da Jamef à contratação de pessoas com deficiência, contribuindo para a integração deles ao mercado de trabalho.

Envolvida com as comunidades onde atua, a Jamef reconhece no convívio com a diversidade um caminho para a evolução das pessoas, por isso dá preferência a candidatos com esse perfil em seus processos seletivos.

Atualmente, trabalham na Jamef vários profissionais com necessidades especiais. Dessa maneira, além de investir na evolução profissional destas pessoas, a empresa também aposta no desenvolvimento pessoal de seus colaboradores, formando cidadãos conscientes para viverem na sociedade respeitando as diferenças.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

GEFCO estende acordo de responsabilidade social a 24 subsidiárias

A GEFCO está aplicando seu Acordo Global de Responsabilidade Social Corporativa em 24 subsidiárias[1]. Durante a apresentação dos resultados de 2010, em 20 de junho, a GEFCO fez um resumo das muitas ações realizadas por suas subsidiárias no âmbito deste acordo. Sessenta e três das 69 ações prioritárias (92% do total), previstas para 2010, foram realizadas e as demais continuam sendo desenvolvidas neste ano.

Com a extensão para a Tunísia, em 2010, e China e Letônia, neste ano, o Acordo Global de Responsabilidade Social Corporativa será agora implantado em 24 subsidiárias da GEFCO.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

A DHL torna-se única proprietária da empresa Lifeconex

* LifeConEx, agora 100 por cento da DHL Global Forwarding, mantém marca e quadro de funcionários.

* Empresa logística, líder logístico no mercado de Life Sciences, integra avançadas tecnologias no gerenciamento de processos da cadeia a frio.

A DHL Global Forwarding, empresa líder mundial de logística, tornou-se proprietária única da joint venture LifeConEx, provedor de logística para cadeia a frio de LifeSciences, finalizando a aquisição da metade pertencente à companhia aérea alemã Lufthansa Cargo.

“Após desempenharem juntas, um serviço especializado e inovador, por seis anos, a mudança de propriedade permitirá à LifeConEx aumentar seu market share. Quando a joint-venture foi criada, em 2005, era única no setor de logística e, em função de sua abordagem imparcial das tecnologias, integrando todos os parceiros da cadeia a frio, tornou-se a líder mundial no atendimento de proeminentes empresas farmacêuticas e biotecnológicas. Este investimento vem ao encontro da estratégia corporativa 2015, do Deutsche Post DHL, para o setor de LifeSciences”, declarou Roger Crook, CEO mundial da DHL Global Forwarding & Freight, e membro do Conselho de Life Sciences & Healthcare do Deutsche Post DHL.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Etanol é vantajoso em apenas dois estados do País

Na semana encerrada no último dia 24, o preço médio do etanol subiu 0,05% ante a semana terminada no dia 17 de setembro. Assim, o combustível continua a ser vantajoso em apenas duas localidades analisadas pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Considerando os valores praticados na segunda semana deste mês, o abastecimento com etanol  é mais econômico em relação à gasolina em Goiás e Mato Grosso.

Em Goiás, a proporção ficou em 66%, apresentando a maior vantagem para os usuários de derivado da cana-de-açúcar. O preço do etanol no estado atingiu R$ 1,897, enquanto o valor da gasolina ficou em R$ 2,838. Já no Mato Grosso, o valor do litro de etanol representou 68% do preço da gasolina.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Lula é recebido por Sarkozy em Paris

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, recebeu nesta segunda-feira no Palácio do Eliseu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva às vésperas da premiação acadêmica que o ex-chefe de Estado brasileiro receberá no prestigioso Instituto de Ciências Políticas de Paris.

O ex-presidente do Brasil, de 65 anos, que deixou o cargo em janeiro e entregou a faixa para a sucessora Dilma Rousseff, foi recebido às 11h (6h de Brasília) pelo presidente francês quase com honras de um chefe de Estado em exercício.

O encontro de caráter privado, segundo o conselheiro diplomático do presidente Sarkozy, Jean David Levitte, durou mais de 45 minutos, mas o teor da reunião não foi divulgado.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Balsas e rodovias operam com tráfego intenso de veículos

Manhã de tráfego intenso nas rodovias da região. Há pontos de parada na chegada a São Paulo e nos trechos de semáforos da Domênico Rangoni e Manuel da Nóbrega. O tempo está aberto, com sol em todos os trechos, e a visibilidade é considerada plena.

O esquema em operação é o 5x5. Para subir a Serra, as alternativas são as pistas Norte da Rodovia dos Imigrantes e da Via Anchieta. No sentido contrário, em direção ao litoral, as opções são as pistas Sul de ambas rodovias. No Planalto, a Interligação está liberada para o tráfego.

Veículos com placas final 1 e 2 estão proibidos circular no centro expandido da capital paulista devido ao rodízio que vigora nesta segunda-feira. Caminhões e carretas não podem utilizar a Rodovia dos Imigrantes para subir a Serra até as 9 horas.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

12 setembro, 2011

Porto do Rio Grande tem aumento de 9,10% na movimentação total


O Porto do Rio Grande registrou um aumento de 9,10% em sua movimentação comparado a igual período de 2010. De janeiro a julho de 2011 foram movimentadas 18.332.884 toneladas, superando as 16.803.159 toneladas do ano passado. Destaca-se que a movimentação alcançada nos primeiros meses deste ano, ultrapassa a movimentação total de 2005, quando foram movimentadas 18.019.264 toneladas.

O mês de julho de 2011 (2.839.057 toneladas) apresentou recuperação de 10,22% em relação ao mês anterior (2.575.868 toneladas). Na comparação com o mês de julho de 2010, houve um crescimento de 6,86% em toneladas movimentadas. A tonelagem média do período de janeiro a julho deste ano atingiu as 2.618.982 toneladas. O número de embarcações (navios+barcaças) que operaram no Porto do Rio Grande foi de 1.966 embarcações, registrando, assim, crescimento de 4,8% em relação a 2010.



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportações para Moçambique crescem 56%


As exportações portuguesas com destino a Moçambique registaram um crescimento de 56% nos primeiros seis meses do ano. O país africano sobe assim dez patamares na lista dos principais mercados para produtos portugueses, em comparação com 2010.

Os dados foram revelados pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), com base na participação de Portugal na 47.ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM). A feira decorreu entre 29 de agosto e 4 de setembro e juntou 14 países.



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

China estuda ampliar importação de frango


A China pode ampliar o número de plantas brasileiras habilitadas a exportar carne de frango para o país. A informação é do presidente da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), Francisco Turra.

A China abriu o mercado para a avicultura brasileira em 2009. Atualmente, 24 unidades podem exportar para aquele país. De acordo com Francisco Turra, as vendas estão, em média, em 12 mil toneladas por mês.

O presidente da Ubabef informou que as autoridades chinesas têm informações sobre outras 47 unidades de empresas brasileiras. Disse ainda que existe a expectativa de que uma missão do país asiático venha ao Brasil até outubro para acertar os detalhes finais. Segundo Turra, se todas as plantas forem autorizadas, o volume médio de embarque para a China pode ficar entre 30 mil e 40 mil toneladas mensais. "Eles têm todo o interesse, precisam do produto, e o Brasil tem capacidade de atender a demanda", garantiu o presidente da Ubabef.



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

01 agosto, 2011

Pedágios na via Dutra sobem hoje

O reajuste valerá para quatro das seis praças de pedágio instaladas no trajeto entre São Paulo e Rio de Janeiro que é mantido pela concessionária Nova Dutra. Os pedágios de Moreira César (SP), Itatiaia (RJ) e Viúva Graça (RJ) passarão de R$ 9,20 para R$ 9,60 cada. No caso de Jacareí, a tarifa irá de R$ 4,10 para R$ 4,20. A viagem entre as cidades ficará R$ 1,30 mais cara.



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Caminhões que carregam produtos ao porto de Rio Grande terão que agendar chegadas


Todos os caminhões que trazem os produtos da safra para os terminais do porto de Rio Grande, no sul do Rio Grande do Sul, terão suas chegadas agendadas a partir do escoamento de 2012. A intenção é reduzir o fluxo de veículos nas rodovias de acesso à cidade de Rio Grande e acabar com as quilométricas filas nas entradas dos depósitos portuários.

A medida, que começou em 2011, será ampliada no próximo ano. A decisão foi tomada depois de reunião do escoamento da safra, realizada na Superintendência do Porto de Rio Grande (Suprg), na semana passada. O encontro teve a participação de todos os envolvidos no processo, como órgãos policiais, praticagem e sindicatos.



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Moçambique vai exportar mais de 200 mil toneladas de açúcar em 2011

Moçambique deverá exportar este ano 203.000 toneladas de açúcar que vão gerar uma receita estimada em mais de 91 milhões de dólares norte-americanos, segundo escreve o jornal estatal Notícias.

Segundo a mesma fonte em 2012 as exportações do açúcar vão render cerca de 117 milhões de dólares, com aumentos nos anos subsequentes à medida em que o processo de expansão atinja a sua plena realização.

Até 2015 a indústria pretende atingir um total acima de 300.000 toneladas de exportação gerando potencialmente uma receita de 130 milhões de dólares por ano.



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Petrobrás precisa levantar entre US$ 7 bi e US$ 12 bi ao ano no mercado


O diretor Financeiro da Petrobrás, Almir Barbassa, afirmou que a empresa precisará levantar entre US$ 7 bilhões e US$ 12 bilhões por ano no mercado para financiamento. Segundo ele, isso não será feito por meio da emissão de ações, e sim pela colocação de dívida, de forma a atender o novo plano de investimentos anunciado na semana passada.

Em apresentação a investidores em Londres, que acontece neste momento, Barbassa destacou que o mercado no Brasil cresce mais rápido do que o esperado. "A indústria está avançando muito, somos o principal fornecedor desse mercado e o Brasil é o melhor lugar para vendermos nossos produtos", disse há pouco, em apresentação a investidores em Londres.

Pela primeira vez, a Petrobrás fará desinvestimentos de US$ 13,6 bilhões em ativos. Conforme o diretor, o movimento é inédito para a estatal brasileira, mas se trata de algo comum entre as grandes petroleiras internacionais. "O portfólio pode ser otimizado, há ativos que não estão se encaixando bem ou não estão dando o retorno esperado e podem ser mais produtivos em outras mãos", disse. "Vamos analisar e dispor esses ativos."



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Importação é saída para falta de etanol


O presidente da Coplacana (Cooperativa Agrícola dos Plantadores e Fornecedores de Cana), José Coral, não gosta de admitir, mas, de fato, já sabe que, até 2014, pelo menos, a produção do setor sucroalcooleiro da macrorregião de Piracicaba – que engloba outros 75 municípios – vai ficar abaixo da demanda. Isso acontece, e ainda deve ser postergado, por uma série de motivos, como as condições climáticas desfavoráveis, a não capacidade de comportar novas usinas, e, principalmente, o cultivo em áreas em declive, como as da cidade.

Para este ano, já é esperado novo recuo na quantidade de toneladas moídas. O déficit será de 3,5 milhões de toneladas, se comparada ao ano passado – em 2010, foram processadas 37,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar em toda a macrorregião. Uma das soluções apontadas por Coral, a partir da próxima entressafra, é a exportação de etanol dos Estados Unidos.



Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

28 julho, 2011

Soja: frete de MT até porto de Santos custa 18% do valor exportado

A maior rota de escoamento de soja do Brasil é porto de Santos, responsável pelo embarque de 64% do total exportado este ano, até junho. O preço do frete, partindo de Rondonópolis, para este porto ficou em média 18% do valor total recebido pelo exportador este ano.

Traduzindo esses números, o valor que o exportador recebeu no porto em junho foi em média R$ 773/t. Já o valor cobrado no frete para transportar o grão da base ao porto foi R$ 142/t. Em relação a junho do ano passado houve uma redução de 4 pontos percentuais na "mordida" do frete sobre o preço pago ao exportador, quando o valor pago pela tonelada no porto era R$ 666 e o valor do frete estava em R$ 147/t. No pico da safra deste ano (março), o frete chegou a valer 20% do valor pago pela tonelada embarcada no porto.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportações das cooperativas brasileiras crescem 37,7%

Mais uma vez, as cooperativas brasileiras bateram um recorde. No primeiro semestre de 2011, o setor registrou crescimento de 37,7% nas vendas aos países estrangeiros, no comparativo ao mesmo período do ano anterior. No total, foram exportados US$ 2,7 bilhões de janeiro a junho deste ano. Já em 2010, o valor foi de US$ 1,993 bilhão. As quantidades exportadas também fecharam com aumento de 11,19%, contabilizando 4,2 milhões de toneladas. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Metrô: 60 das 62 estações têm mapa desatualizado

O Metrô de São Paulo cresce, mas os mapas para situar os passageiros no sistema continuam mostrando uma rede menor. A reportagem visitou as plataformas de todas as 62 estações das cinco linhas e só em duas, as mais novas, encontrou painéis que mostravam todas as paradas.

Uma das estações com mais problemas é a Santa Cecília, na Linha 3-Vermelha. Lá, nenhum dos seis painéis exibe a Linha 4-Amarela, aberta em maio de 2010, nem a extensão final da 2-Verde, entre Tamanduateí e Vila Prudente, que passou a operar há 11 meses.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

ANP registra crescimento de 5,6% na venda do etanol em MT

Pelo menos 416,31 mil metros cúbicos de etanol foram vendidos, ano passado, em Mato Grosso. De acordo com um novo estudo da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a quantidade é 5,68% superior em relação a 2009, quando as vendas atingiram 393,94 mil metros cúbicos.

Os dados fazem parte do Anuário Estatístico Brasileiro do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis e é o segundo maior da região Centro-Oeste, ficando atrás apenas de Goiás, onde a alta foi de 10%. Em Distrito Federal houve redução de 43,96% e, em Mato Grosso do Sul, de 19,09%. Em relação a 2001, o aumento foi de aproximadamente 825,33%, já que na ocasião, foram vendidos 44,99 mil metros cúbicos do combustível no Estado.

O mesmo estudo aponta que o preço médio do etanol, calculado com base nas informações repassadas pelas distribuidoras, fechou em R$ 1,70/litro, segundo menor valor, já que em Goiás fica a frente (R$ 1,60). Em Mato Grosso do Sul o preço médio somado foi de R$ 1,82 e, no Distrito Federal, R$ 2,01). Há nove anos, o mato-grossense pagava, em média, R$ 1,07 pelo litro do combustível.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

25 julho, 2011

Objeção ao subsídio do etanol cresce nos EUA

Embora a perspectiva de sensível redução dos subsídios destinados ao etanol produzido a partir do milho seja algo muito próximo, a indústria norte-americana não dá trégua à sua batalha pelo fim desses subsídios e se utiliza das mais diferentes ferramentas para demonstrar o real efeito dessa política no bolso do consumidor - em especial no preço das carnes, que têm subido continuamente desde 2010.

Dentro desse objetivo, o setor acaba de lançar um novo site com o slogan "Milho para alimento, não para combustível", através do qual desenvolve campanha que visa a atrair consumidores pró-movimento contra o etanol de milho. Paralelamente, o site mostra os desdobramentos enfrentados pelos produtores de carnes, ovos e leite com a concessão de pesados subsídios à indústria do etanol.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportações de Portugal para Moçambique rondam os 150 milhões de euros por ano

O ministro do Estado e dos negócios Estrangeiros de Portugal, Paulo Portas, revelou, este Domingo, 24 de Julho, que as exportações de Portugal para Moçambique rondam os 150 milhões de euros por ano e referiu que cerca de 20 mil portugueses estão registados em Moçambique.

Portugal continua a figurar como o principal investidor em Moçambique, de acordo com dados do Governo moçambicano. Paulo Portas disse, este Domingo, 24 de Julho, em Maputo, que Moçambique é um destino essencial das empresas portuguesas.

Sobre a crise económico-financeira que afecta Portugal, o ministro do Estado e dos negócios Estrangeiros disse que o povo português vai saber ultrapassá-la.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Aeroporto de Congonhas opera com mais quatro aparelhos de raio X

O Aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo, opera a partir desta segunda-feira com quatro novos aparelhos de raio X para inspeção de passageiros na área de embarque.

Segundo a Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), não houve mudança na tecnologia dos aparatos - todos no aeroporto funcionam com a mesma sensibilidade. Atualmente, Congonhas tem no total 10 equipamentos. Com a nova aquisição, o principal objetivo é garantir fluidez no processo de check-in. Nesta manhã, Congonhas opera normalmente.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

TESC vai oferecer transporte ferroviário de contêineres

Terminal localizado no Porto de São Francisco do Sul firma parceria com a Brado Logística para viabilizar transporte pela malha ferroviária

O TESC – Terminal Santa Catarina e a Brado Logística uniram forças com objetivo de viabilizar o transporte ferroviário de contêineres dry e reefer para o porto de São Francisco do Sul, o que pode reduzir em até 20% o custo com transporte de cargas em contêineres, comparando com o transporte rodoviário, além de garantir mais segurança. A alternativa também reduz significativamente o número de caminhões na rodovia, contribuindo para a redução das emissões de CO2.

Esta malha ferroviária atenderá, a princípio, os exportadores de Lages (SC), Ponta Grossa (PR), Cambe (PR), Cascavel (PR) e, após 90 dias, Telêmaco Borba (PR).  O tempo de deslocamento será de no máximo 96 horas e durante o percurso a composição fará uma pausa para que os contêineres reefers sejam ligados e recuperem o frio.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

11 julho, 2011

Agronegócio de São Paulo exporta US$ 9,9 bi

As exportações do agronegócio paulista cresceram 14,2%, para US$ 9,92 bilhões, no primeiro semestre de 2011, se comparadas com as do mesmo período de 2010, de acordo com o Instituto de Economia Agrícola (IEA-Apta). Como as importações cresceram bem mais (36,8%), para US$ 4,91 bilhões, o saldo comercial do setor ficou em US$ 5,01 bilhões (1,8% inferior ao do primeiro semestre de 2010).

Ainda assim, o agronegócio, mais uma vez, impediu que o comércio exterior paulista fosse bem mais deficitário, de acordo com os pesquisadores José Sidnei Gonçalves e José Roberto Vicente. Isto porque as importações paulistas nos demais setores - excluídos os agronegócios - somaram US$ 34,73 bilhões, para exportações de US$ 17,17 bilhões, o que gerou déficit externo desse agregado de US$ 17,56 bilhões.

As cadeias de produção do agronegócio apresentaram saldo comercial crescente, de US$ 5,69 bilhões no primeiro semestre de 2010 para US$ 6,13 bilhões em igual período deste ano. "Esses indicadores são menores quando se considera toda amplitude das transações setoriais, cujo saldo recua de US$ 5,10 bilhões nos primeiros seis meses de 2010 para US$ 5,01 bilhões em igual período de 2011."

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Setor automotivo se destaca nas exportações

Dentre as exportações  de Nova Odessa, destacam-se as peças automotivas, principalmente os diversos tipos de pistão para motor, que respondem por US$ 77,4 milhões. Já os países que mais exportam para as empresas de Nova Odessa são a Alemanha (US$ 13,6 milhões em 2010), a Itália (US$ 11 milhões) e os Estados Unidos (US$ 9,7 milhões), seguidos por Argentina, Índia e China. -

Além de comemorar a retomada do ritmo de exportações pré-crise, o coordenador municipal de Desenvolvimento, Dimas Starnini, destacou que boa parte das importações feitas ano passado pelas empresas de Nova Odessa são bens de capital, ou seja, máquinas e equipamentos como teares, motores etc. "Isto significa que nossas empresas estão aumentando sua capacidade produtiva, modernizando seu parque fabril e, portanto, apostando no aumento da produção", salientou. "Nossas empresas do ramo têxtil também importaram bastante fio de algodão, que estava em falta no mercado interno, e fibras sintéticas para a produção de tecidos."

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Infraero aponta irregularidades no entorno do Castro Pinto

O Superintendente Regional do Nordeste da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), Fernando Nicácio, Filho acompanhado do Coordenador Geral de Meio Ambiente da Infraero, Fernando Nahum veio do Recife para um Seminário no Auditório do Aeroporto Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, e discorreu sob o tema: Área de Segurança Aeroportuária. Durante o Seminário uma denúncia é que está sendo construído um auditório do Campus de Santa Rita pela Universidade Federal da Paraíba em plena área de entorno do Aeroporto o que num futuro próximo pode ocasionar a interdição do nosso terminal aéreo.

Outros problemas que surgem no aeroporto é o acúmulo de lixo e esgoto de residências próximas. Medidas urgentes foram solicitadas junto às Prefeituras de Santa Rita, Bayeux e João Pessoa.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Déficit de etanol deve superar 25%

Mantidas as recentes taxas de evolução do setor sucroalcooleiro, nas próximas cinco safras haverá um déficit de mais de 25% da oferta de etanol em relação à demanda. A produção anual estimada será de 780 milhões de toneladas de cana, enquanto o mercado só estará bem atendido com um mínimo de 980 milhões de toneladas.

Na extensão do cenário para dez safras, a situação tende a se agravar. Em 2021, a oferta brasileira de etanol estará 40% menor que a necessidade do mercado. A safra será de 970 milhões de toneladas para um consumo superior a 1,3 bilhão de toneladas.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Governo recebe hoje lances para leilão do trem bala

O governo resolveu manter para hoje o prazo final de entrega dos envelopes com as propostas de empresas interessadas no leilão do trem-bala - que irá ligar Rio de Janeiro, Campinas e São Paulo. Na terça-feira, o iG apurou que a Casa Civil havia decidido suspender pela quarta vez o processo de concorrência, pois temia a falta de participantes. No fim da semana, porém, o governo mudou de ideia e manteve o prazo previsto.

A decisão foi tomada após uma série de reuniões no Palácio do Planalto que se estenderam até o fim da noite de sexta. O governo preferiu não adiar o leilão após obter a informação de que pelo menos um consórcio de empresas estaria presente na concorrência. Na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a reportagem apurou que, mesmo assim, não está totalmente descartada a possibilidade de nenhuma empresa participar. Se isso ocorrer, nova data será marcada.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

28 junho, 2011

Dilma quer Petrobras mais presente no etanol

O governo federal quer aumentar a participação da Petrobras no mercado produtor de etanol dos atuais 5% para 12%, como forma de evitar a falta de álcool combustível e a disparada de preços no período da entressafra da cana a partir do ano que vem. Para isso, pressiona a estatal a construir novas usinas de etanol. A decisão de aumentar a presença da Petrobras no setor foi tomada na semana passada, de acordo com o jornal carioca, O Globo.

O presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, explicou que o aumento da produção de álcool vai levar algum tempo, considerando que serão novas usinas assim como novo plantio de cana. "A Petrobras está disposta a colaborar para aumentar a produção de etanol, mas não será para o ano que vem, pois os projetos demandam algum tempo", disse Rossetto.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Segunda edição da Feira Internacional de Logística é um sucesso

A Feira Internacional Logística.2011 teve sua segunda edição encerrada na última sexta-feira, dia 17 de junho. Foram 100 expositores dos mais diversos modais da logística reunidos em um espaço de aproximadamente 53 mil m² que foram divididos entre 3 pavilhões cobertos e uma área externa.

Durante os 4 dias do evento, a Logística.2011 recebeu 8 mil visitantes, que além de conhecer as novidades do setor, ainda puderam participar de um meeting, congresso, além do ciclo de palestras que aconteceu em todos os dias do evento.

Para o ano de 2012, a Adelson Eventos apresenta a Brasil Log, a 3ª edição da Feira Internacional de Logística. O evento ocorrerá nos dias 19, 20, 21 e 22 de junho no Parque Comendador Antonio Carbonari, o Parque da Uva em Jundiaí, São Paulo.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Frio provoca fissura em trilho de trem em São Paulo

A baixa temperatura provocou, na manhã desta terça-feira (28), uma fissura no trilho da Linha 7-Rubi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O problema ocorreu pouco antes da Estação Perus, entre as estações Jaraguá e Pirituba. Por volta das 6h, o trecho ficou parado durante 15 minutos para avaliação e apenas uma via estava sendo utilizada.

Segundo a CPTM, o trilho foi liberado, mas os trens circulavam com velocidade reduzida a 40 km/h por volta das 9h. A velocidade normal é de 80 km/h. Após o horário de maior movimento, a companhia pretende interditar o trecho para realizar uma solda na fissura.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Cristina Kirchner cancela participação em cúpula do Mercosul

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, suspendeu sua viagem a Assunção, no Paraguai, onde participaria da 41ª Cúpula do Mercosul.

Os médicos da presidente aconselharam o cancelamento da viagem devido à pancada que a mandatária sofreu na cabeça na última quarta-feira, na inauguração de um edifício do Instituto Leloir, em Buenos Aires. Ela bateu a cabeça, o que provocou um corte e um hematoma no couro cabeludo.

A equipe médica da Presidência emitiu um comunicado no qual afirma que "desaconselha, como forma de prevenção, a realização de viagens de avião neste momento".

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Japão terá US$ 45 bi para ativos brasileiros

O Japão, o segundo maior investidor financeiro do mundo, está atento às oportunidades trazidas pelo Brasil. As operações com derivativos lastreados em real feitas por japoneses no Brasil e em outros países chegam a US$ 30 bilhões nos últimos 12 meses, com projeção de atingir US$ 45 bilhões no primeiro semestre de 2012, apontaram estrategistas econômicos do banco Nomura, que detém 50% da participação do mercado de varejo bancário japonês.

Para o chefe de Pesquisa de Mercados Emergentes para as Américas, Tony Volpon, o grupo Nomura ganhou notoriedade global além da Ásia ao comprar os ativos do Lehman Brothers fora dos Estados Unidos, como em Cingapura, Índia e Europa, depois da crise econômica mundial em 2008, e o Brasil se insere nesse novo cenário. "Um novo banco nasceu, e as relações entre Ásia e América Latina ganham destaque. Por isso, queremos ressaltar a relação entre Japão e Brasil, assim como o lugar do Nomura nessas operações, trazendo maior fluxo de investimentos", afirma.


Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

27 junho, 2011

Exportações de Moçambique impulsionadas por alumínio, carvão, gás e produtos agrícolas

As exportações moçambicanas vão conhecer um impulso nos próximos dois anos, com maiores vendas de alumínio, carvão, gás e produtos agrícolas, permitindo uma contracção do défice comercial em 2012, segundo a Economist Intelligence Unit (EIU).

No seu mais recente relatório sobre Moçambique, a EIU reviu em alta as suas projecções para as exportações de produtos moçambicanos, de 3,4 mil milhões de dólares para 3,6 mil milhões de dólares este ano, beneficiando da subida do preço das matérias-primas nos mercados internacionais.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Ministério que China domina completamente a propriedade intelectual do trem de alta velocidade

A China domina completamente a propriedade intelectual do trem de alta velocidade, inclusive as tecnologias-chave. A afirmação foi feita hoje por He Huawu, engenheiro chefe do Ministério das Ferrovias e membro da Academia de Engenharia da China.

Segundo ele, muitas tecnologias essenciais do trem de 350 km/h são exclusivas da China, sendo que o país possui mais de 1.400 patentes relativas à ferrovias de alta velocidade. He ainda revelou que um dos principais fabricantes de trens na China, a China Southern Railways, já assinou um pacote de cooperação com a General Electric, dos Estados Unidos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

China investirá dez vezes mais que Brasil em infraestrutura

A China tem 174 aeroportos comerciais em ótimas condições, limpos, organizados e modernos. Mesmo nos horários de maior fluxo, é difícil se deparar com longas filas. Trens e esteiras rolantes ajudam no deslocamento de um terminal a outro e não há tumulto para pegar as bagagens. “Na China, qualquer aeroporto pequeno tem oito pistas de bagagem,” comenta Tang Wei, diretor da Câmara Brasil China de Desenvolvimento Econômico (CBCDE). Apenas como comparação, Congonhas, o segundo mais movimentado do Brasil, tem apenas cinco esteiras para a retirada das malas.

Nos próximos cinco anos, a China planeja investir R$ 360 bilhões para construir outros 56 novos aeroportos, disse Li Jiaxiang, diretor da Administração Geral da Aviação Civil (CAAC) da China, em uma conferência, em março deste ano. Os aportes levarão o número atual a 230. Enquanto isso, os investimento do Brasil na área devem ser 40 vezes menores, somando cerca de R$ 9 bilhões, até 2014, segundo informações da Infraero.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Projeção de crescimento da economia tem queda e vai a 3,95%

A estimativa de analistas do mercado financeiro para o crescimento da economia neste ano oscilou de 3,96% para 3,95%. Para 2012, a projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, permanece em 4,10%. As informações constam do boletim Focus, publicação semanal do Banco Central (BC), elaborada com base em estimativas dos analistas para os principais indicadores da economia.

A expectativa para o crescimento da produção industrial foi mantida em 3,44%, neste ano, e em 4,50%, em 2012. A projeção para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB foi ajustada de 39,26% para 39,18%, em 2011, e continua em 38%, no próximo ano.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Carros de combate do Exército Brasileiro chegam ao Porto do Rio Grande

Às 8h05 desta sexta-feira (24), o navio Grande Brasile atracou no Porto do Rio Grande com o 5º lote de carros de combate do projeto Leopard, executado pelo Exército Brasileiro. Ao todo, 50 militares estiveram envolvidos no desembarque de 38 carros Leopard 1A5. A operação terminou às 13h51min. Os tanques estão sendo levados em carretas até Santa Maria. Até o início de 2012, mais dois lotes chegarão ao porto rio-grandino.

De acordo com o Gerente do projeto na 6ª Brigada de Infantaria Blindada, Major Alexandre Magno Fernandes Ribeiro, a chegada dos carros de combate representa um avanço de tecnologia para o exército. “O equipamento é bastante moderno e irá aumentar o poder de combate. Os carros possuem capacidade de atirar em movimento, visão noturna, e atingem um alvo em uma distância de até 4Km”, afirmou. Segundo o major, os carros são usados, mas foram repotencializados na Alemanha. “Eles são utilizados em vários países, como Canadá, Holanda e Grécia”, contou.

Após o desembarque em Rio Grande, os carros serão transportados até Santa Maria em grupos de oito carretas. Na cidade, serão realizados todos os testes eletrônicos. Depois, os carros são distribuídos às unidades, onde serão feitos os treinamentos. Além de municípios do RS da 6ª Brigada de Infantaria Blindada, como Alegrete, Rosário, São Gabriel e São Luiz Gonzaga, os carros terão como destino algumas cidades da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, de Ponta Grossa no Paraná.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

21 junho, 2011

Macaé será a primeira cidade do interior do Rio a ganhar metrô

Chegou a vez do interior do estado do Rio a viajar pelos trilhos da modernidade. Macaé, fundada há 197 anos vai ganhar o seu sistema VLT.

A secretaria Estadual de Transportes apresenta nesta terça-feira (21) no município do norte do Estado do Rio de Janeiro, o projeto metrô Macaé. O novo transporte vai atravessar os 26 km de malha urbana do município, entre Imboassica, no sul, e Lagomar, no norte, em menos de 30 minutos.

O metrô Macaé vai usar o sistema VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) aproveitando o leito da Ferrovia Centro Atlântica. Todo o projeto, com as dez estações de embarque e desembarque, vai ser concluído até julho de 2014. Os 12 km iniciais devem ser liberados até março de 2012. A primeira etapa a entrar em operação ligará Imboassica ao centro da cidade.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Litro do etanol vai para R$ 1,65 em Mato Grosso

Etanol está mais caro nas bombas dos postos de combustíveis da Capital e alta chega próximo de 20% em plena safra da cana-de-açúcar. Preço cobrado do consumidor chega a R$ 1,65, 27 centavos a mais sobre o que ainda pode ser encontrado em alguns postos. Nas distribuidoras, o argumento é alta nas usinas, que estariam com a produtividade da cana comprometida.

De acordo com o diretor comercial da rede de distribuidora Idaza, Tadeu Ramos, as últimas duas semanas acumulam altas de 20% na indústria e com isso foi preciso repassar aos revendedores a variação. Segundo ele, este ano aponta para entressafra antecipada, em setembro ao invés de dezembro como ocorre todos os anos. "Estamos com aumento de preço em pleno pico de safra, vai haver um aquecimento no mercado e os preços não vão cair como antes".

Para o diretor da Usina Itamarati, Sylvio Coutinho, não há reajustes, mas uma consequência do mercado. "Há um crescimento anual na frota de carros flex e a produtividade está menor. Na usina em que trabalho, a produção caiu de 87 para 70 toneladas por hectare em um intervalo de 2 anos".

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Rússia dita passos para reabertura das exportações de carnes

As especulações sobre os reais motivos do embargo russo às carnes bovina, suína e de frango do Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso – que vigora desde o dia 15 – devem ser esclarecidas pelo próprio país importador.

Moscou vai ditar passo a passo o que o Brasil precisa fazer para recuperar o mercado, conforme diplomatas brasileiros que tentam reverter a situação e organizam uma missão de esclarecimento ao parceiro comercial.

Ao anunciar o embargo, a Rússia alegou que o Brasil não está inspecionando o abate como deveria. A Associação Brasileira de Frigoríficos nega problemas sanitários ou relaxamento da fiscalização. O governo informou que pode provar que existem frigoríficos dentro das normas nos três estados bloqueados. Setores público e privado avaliam que determinação russa tem fundo econômico e garante mercado para a produção doméstica. Paraná e Rio Grande do Sul teriam sido escolhidos por serem grandes produtores e suínos e Mato Grosso por ser reduto da bovinocultura.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Vinhos brasileiros estão na Vinexpo com previsão de dobrar suas exportações em 2011

No estande DE-12 do Hall 1 do Parc des Expositions, em Bordeaux, na França, sete vinícolas do Projeto Wines of Brasil mostram vinhos premiados e que, cada vez mais, conquistam o paladar dos consumidores no mundo.

Estreantes na Vinexpo há dois anos, os jovens e vibrantes vinhos brasileiros voltam à feira em Bordeaux, na França, de domingo (19) até quinta-feira (23), com sólidos resultados alcançados no período e a perspectiva de aumentar em 90% suas exportações em 2011. Organizada pelo projeto Wines of Brasil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a participação brasileira na Vinexpo 2011 conta com sete vinícolas: Boscato, Casa Valduga, Lidio Carraro, Miolo, Pizzato, Salton e Vinibrasil.

Uma série de conquistas, obtidas desde que o Projeto Wines of Brasil participou pela primeira vez da mais famosa feira do setor, reforça a projeção, entre elas: um salto superior a 100% nas vendas para países estratégicos e 246% no valor médio do litro exportado, a crescente obtenção de prêmios internacionais, que hoje chegam mais de 2.350, o reconhecimento de grandes especialistas e a inclusão dos rótulos brasileiros em alguns dos mais renomados restaurantes do mundo.

No primeiro trimestre deste ano, as exportações de vinhos engarrafados do Brasil cresceram 144% em relação ao mesmo período de 2010. Somente na London International Wine Fair, realizada em maio, a prospecção de negócios das vinícolas do Wines of Brasil para os próximos 12 meses alcançou US$ 1,7 milhão, o equivalente a 38,6% dos US$ 4,4 milhões previstos para o total de exportações deste ano.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística