12 novembro, 2010

Cosan prevê que etanol terá preço em alta pelo menos até março

A Cosan, que divulgou ontem lucro líquido de R$ 439,7 milhões no segundo trimestre do exercício de 2011 - equivalente ao segundo trimestre da safra 2010/20111 -, prevê que os preços do etanol continuarão elevados até o final da entressafra, em março.

Uma das maiores produtoras de etanol e de açúcar do mundo, a Cosan teve aumento de 153,6% em seu lucro, na comparação com o mesmo período da safra 2009/2010 e um dos destaques foi a receita recorde da Cosan Combustíveis e Lubrificantes (CCL), que somou R$ 3 bilhões.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportação de painéis solares

De olho nas vantagens financeiras e ambientais da energia solar, Pernambuco deve iniciar de forma pioneira a exportação de painéis solares com a primeira fábrica de placas energéticas no Brasil, a partir de 2012. O governo do estado e representantes das empresas Eco Solar e Oerlikon assinaram, ontem, um acordo de intenções para construir uma unidade no Parque Tecnológico de Pernambuco (Parqtel), no Curado.

O empreendimento terá aporte financeiro de R$ 500 milhões e capacidade de produção de 850 mil painéis fotovoltaicos por ano. A previsão do governo do estado é de que sejam gerados 400 empregos diretos durante as obras, que devem começar dentro de 60 dias, e outros 250 quando a unidade entrar em operação. Além desses, 1,3 mil trabalhadores atuarão na instalação das placas. O instrumento é responsável por captar e armazenar a energia solar.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportação da indústria vem perdendo peso no PIB gaúchohttp://www.newscomex.com.br/mostra_noticia.php?codigo=22861

Alerta preocupante para a economia do Rio Grande do Sul, que sempre dependeu das exportações: a cada ano, o comércio de produtos industrializados para o exterior representa menos no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. A queda tem sido registrada desde 1998, com o início do período de valorização do real e com o aumento do preço das commodities, devido ao crescimento da China.

Entre 1994 e 1998, este cenário era bem diferente. “Foi o auge da participação de produtos industrializados no PIB do Rio Grande do Sul”, diz a economista Teresinha da Silva Bello, da Fundação de Economia e Estatística (FEE). “Aliás, o Estado sempre teve maior participação das exportações no PIB do que todo o Brasil. As exportações sempre foram mais importantes para a economia gaúcha, do que para a economia brasileira”, compara.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

11 novembro, 2010

Novo canal de acesso ao porto em conclusão

Uma das primeiras etapas da dragagem do Porto do Mucuripe já está muito próxima de ser concluída. O novo canal de acesso ao cais já está aberto e a dragagem desta parte do trabalho será concluída até o fim da semana. O caminho criado para as embarcações que atracam na costa da Capital será mais curto que o antigo em aproximadamente 1,5 km. Com isso, deve facilitar a manobra dos navios, com tempo de atracação em cerca de 30 minutos.

O Diário do Nordeste teve acesso com exclusividade ao navio draga Seaway, que realiza a obra no Porto do Mucuripe, e percorreu todo caminho que a embarcação realiza para efetuar o processo de dragagem, que consiste na remoção de parte dos sedimentos no fundo do mar e despejamento em outra determinada área. A obra tem a finalidade de aprofundar o porto e possibilitar a chegada de navios de maior porte.

No caso do Porto do Mucuripe, além desse trabalho de aprofundamento, um novo canal de acesso às embarcações teve de ser aberto.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Deficit comercial dos EUA registra leve queda em setembro

Os Estados Unidos registraram em setembro deficit comercial de US$ 44 bilhões, o que representa uma leve queda ante os US$ 46,5 bilhões de agosto (dado revisado). O resultado foi divulgado nesta quarta-feira pelo Departamento do Comércio norte-americano.

As importações somaram US$ 198,1 bilhões enquanto as exportações atingiram US$ 154,1 bilhões. A alta do petróleo fez os preços dos produtos importados pelos EUA terem a maior elevação desde abril, mas a uma taxa menor que o previsto.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportações têm competitividade de dar dó

A competitividade da balança comercial brasileira anda bastante frágil. O crescimento das compras no exterior e o retrocesso das exportações de mercadorias nacionais, especialmente dos produtos manufaturados, coloca a economia do Brasil em uma zona de alto risco. Diante desse preocupante cenário, empresas de todos os portes já veem com um pé atrás a possibilidade de entrar no comércio internacional.

Prova disso, é levantamento realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O estudo revela que empresas que vendem mais de 42,5% de sua produção para o mercado externo têm desvantagens operacionais em relação àquelas que atuam predominantemente no mercado interno. A desvantagem em vender para territórios estrangeiros reside no fato dessas empresas acumularem créditos tributários em montante superior à sua margem de ressarcimento. Com isso, os exportadores precisam repassar o custo dos impostos para o preço final do produto no mercado internacional. O resultado é uma competitividade de dar dó...
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

BC agiu no tempo certo no caso do Banco PanAmericano

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, afirmou hoje (11) que a instituição agiu a tempo e a hora no caso do Banco PanAmericano. “O Banco Central detectou o problema no tempo adequado”, disse após breve encontro com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

O PanAmericano recebeu aporte de R$ 2,5 bilhões do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para restabelecer o pleno equilíbrio patrimonial. Meirelles destacou que a solução foi dada pelo Grupo Silvio Santos, com aporte de recursos do FGC, uma entidade privada, “sem um centavo de dinheiro público”. Assim, avaliou Meirelles, foram preservados os depositantes do banco e a Caixa Econômica Federal, que detém parte do PanAmericano.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

10 novembro, 2010

Obama pede que líderes do G20 façam sua parte

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, procurou mudar o foco do G20 para os desequilíbrios globais e tirar de evidência as políticas de seu país, enquanto líderes globais se reuniam em Seul nesta quarta-feira.

Obama, que enfrenta críticas à política norte-americana de estímulos monetários ao chegar para a cúpula de dois dias do G20, disse que uma economia forte dos EUA é vital para a recuperação mundial, e pediu que os colegas do grupo deixem de lado as diferenças e façam sua parte para incentivar o crescimento econômico.

"Quando todas as nações fazem sua parte... nós todos nos beneficiamos do crescimento mais alto", disse Obama em carta enviada aos líderes do G20 na terça-feira. Uma cópia da carta foi obtida pela Reuters nesta quarta-feira.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Superávit comercial chinês sobe 60,5% em outubro

O superávit comercial da China chegou em outubro a US$ 27,1 bilhões, um aumento de 60,5% na comparação com os US$ 16,88 bilhões de setembro, segundo divulgado nesta quarta-feira pela Administração Geral de Alfândegas.

O resultado é o segundo maior superávit de 2010, atrás apenas do obtido em julho.

Em outubro, as exportações chinesas foram de US$ 135,98 bilhões, alta de 22,9% com relação ao mesmo mês de 2009, enquanto as importações totalizaram US$ 108,83 bilhões, aumento de 25,3%.

O comércio exterior total de outubro na China subiu 24%, para US$ 244,81 bilhões.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Exportações superam importações

Em outubro, pela primeira vez em todo o ano, as exportações cresceram em ritmo mais forte do que as importações, conforme dados divulgados semana passada pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). No mês passado, houve aumento de 37,1% no valor das exportações em comparação com outubro de 2009. Já as importações cresceram 35,9% em relação a igual mês do ano passado.

Além da aceleração das exportações, a média diária de vendas alcançou o valor de US$ 919,1 milhões, recorde para meses de outubro e o terceiro melhor desempenho da história, ficando atrás apenas das médias registradas em maio e agosto de 2008, ou seja, antes da crise mundial.
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Começa a temporada de cruzeiros em Rio Grande

Começa neste sábado (13) a temporada de navios de passageiros em Rio Grande. O transatlântico Silver Whisper atracará no Porto do Rio Grande, com 310 turistas americanos com perfil de 3º idade e 290 tripulantes.

Como de praxe, o Porto do Rio Grande recepcionará esses turistas com apresentações artísticas, serviços de correios, câmbio, interpretes e guias, comercialização de produtos tradicionalistas e artesãos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

08 novembro, 2010

Shell venderá um terço da fatia na australiana Woodside por US$ 3,3 bi

A britânica Royal Dutch Shell concordou em vender cerca de um terço de sua participação na Woodside Petroleum por 3,31 bilhões de dólares australianos (US$ 3,34 bilhões). Atualmente a Shell controla 34,27% da segunda maior produtora de petróleo e gás da Austrália. Nove anos depois de sua oferta para comprar inteiramente a Woodside ser bloqueada por congressistas, a Shell disse que está vendendo 10% da empresa a investidores.

Duas pessoas próximas ao assunto afirmaram à Dow Jones que a venda é uma colocação institucional a vários investidores que será conduzida durante o pregão australiano. Cerca de 78,34 milhões de ações da companhia australiana estão sendo vendidas pelo UBS por 42,23 dólares australianos cada uma - um desconto de 7,9% em relação ao preço de fechamento desta segunda-feira, na Austrália, de 45,86 dólares australianos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Alemanha aumentou exportações 22,5% em Setembro

As exportações germânicas aumentaram 22,5% em Setembro, em relação a igual mês do não passado, elevando o excedente comercial acima do esperado por economistas, revelam dados divulgados esta segunda-feira pela agência federal de estatística (Destatis).

O valor das vendas alemãs ascenderam a 86,9 mil milhões de euros, enquanto as compras somaram 70 100 milhões (+18% em base homóloga).

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Argentina fecha acordo de exportação de carne bovina para a China

O governo da Argentina confirmou que fechou um acordo de exportação de carne bovina para a China. O anúncio obedeceu ao novo estilo de comunicação adotado pelo chanceler da Argentina, Héctor Timerman, via rede social Twitter, na internet. "Ontem a chancelaria concluiu as negociações para a abertura do mercado chinês às nossas carnes", escreveu o chanceler na rede social.

Na última quinta-feira, o secretário de Comércio Internacional, Luis María Kreckler, que se encontra em Pequim, informou à imprensa local que o acordo visa a abertura do mercado asiático não só para as carnes, mas também para a cevada e os lácteos argentinos. Além disso, o convênio prevê "a melhoria das condições para a entrada no mercado chinês dos produtos tradicionais, como maçãs, pêras e vinhos".

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística