02 agosto, 2010

Etanol brasileiro não deve invadir mercado americano no curto prazo


A vigência da tarifa de US$ 0,54 por galão de etanol importado (US$ 0,15 por litro) acaba no final deste ano. Caso ela não seja prorrogada, um importante mercado será aberto para o Brasil.

Mas os Estados Unidos não devem assistir a uma enxurrada de etanol brasileiro, pelo menos no curto prazo.

O representante-chefe da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) na América do Norte, Joel Velasco, diz que o fim do subsídio pode incentivar o aumento da produção brasileira para exportação, que teria de ser acompanhada por investimentos em logística para tornar viável o escoamento do álcool.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: