28 julho, 2010

Petrobrás silencia sobre seu futuro no Equador


A Petrobrás manteve o silêncio sobre seus planos no Equador, dois dias após o presidente Rafael Correa aprovar, por decreto, uma lei de hidrocarbonetos que lhe permite renegociar acordos e, eventualmente, nacionalizar empresas estrangeiras do setor energético. A estatal brasileira explora dois poços em território equatoriano.

Segundo Correa, as companhias que não aceitarem um acordo em até 120 dias terão seus campos tomados. Antes de ser promulgado, o texto sofreu forte resistência da oposição, e o presidente equatoriano chegou a ameaçar dissolver o Congresso e até mesmo renunciar caso a lei não entrasse em vigor.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: