20 maio, 2010

Lula critica a União Européia, o G-20 e a Alemanha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu ontem, em Madri, o acordo de troca de combustível nuclear assinado pelo Irã, com intermediação do Brasil e da Turquia, e pediu ao Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) disposição para negociar sobre a imposição de novas sanções ao país persa. No acordo, o Irã enviará seu urânio enriquecido à Turquia e em troca receberá combustível nuclear para seu reator de pesquisas em Teerã.

Falando no Casino de Madrid a uma plateia de empresários, diplomatas e políticos espanhóis, Lula destacou que o compromisso selado com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, é "exatamente o que os EUA queriam cinco ou seis meses atrás" e que o CS precisa de "disposição para negociar". Romper o contrato, argumentou, levará a questão nuclear iraniana "à estaca zero".
Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: