04 fevereiro, 2010

Governo cede e irá votarveto sobre obras da Petrobras

No segundo dia de atividades do Congresso, após o recesso, o governo decidiu ontem ceder para tentar amenizar confronto com a oposição e evitar obstrução em três dos quatro projetos do pré-sal ainda pendentes. Acertou votar na próxima terça-feira, em sessão do Congresso Nacional, o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que libera recursos do Orçamento 2010 para quatro obras da Petrobras com indícios de irregularidades graves apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O recuo da base aliada está relacionado ao fato de que o governo conta com maioria folgada no Congresso para manter o veto presidencial. Além disso, em nota, a Petrobras informou que criou, no dia 20 de janeiro, "um grupo de trabalho para, em conjunto com o TCU, continuar o processo de esclarecimento sobre obras e serviços com indícios de irregularidades graves apontados pelo TCU". Esses esclarecimentos já foram enviados ao Comitê de Obras Irregulares da Comissão Mista de Orçamento.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: