05 fevereiro, 2010

Brasil e argentina vão rever licenças que prejudicam comércio bilateral

Brasil e Argentina anunciaram nesta quinta-feira que vão rever a lista de produtos do comércio bilateral que hoje estão sujeitos às chamadas Licenças Não Automáticas (LNAs), um mecanismo que aumenta a burocracia para que as mercadorias entrem no país vizinho.

A ideia é tentar reduzir a quantidade de mercadorias que, hoje, demoram até sessenta dias, como determina a Organização Mundial do Comércio, ou até mais para desembarcar no país vizinho por causa das LNAs.

As autorizações - que chegaram a afetar cerca de 400 de um total de três mil produtos brasileiros exportados para a Argentina - provocaram, no ano passado, uma crise comercial entre os dois países.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: