26 janeiro, 2010

Passageiros sofrem com falta de estrutura no RN


Em plena alta estação, período em que Natal recebe maior número de turistas, os visitantes que passam pelo Aeroporto Augusto Severo encontram um local com infraestrutura insuficiente para recebê-los de maneira satisfatória. De acordo com o secretário municipal de turismo, Francisco Soares Júnior, é comum a secretaria receber queixas, tanto de turistas quanto de potiguares, a respeito da pequena variedade de lojas e lanchonetes, além de equipamentos quebrados, como o ar-condicionado e escada rolante. A reportagem esteve no aeroporto durante a tarde de ontem e constatou que uma das escadas rolantes não estava funcionando e, mesmo ligado, o ar-condicionado não era suficiente para amenizar o calor no local. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) revela existir um projeto para uma nova reforma do prédio, prevista para ser iniciada no final deste ano, com a finalidade de adequar o terminal ao crescente fluxo de passageiros.

Dados da Infraero demonstram esse aumento, uma vez que foram contabilizados 1,9 milhão de passageiros chegando Augusto Severo no ano passado, enquanto em 2008 esse total tinha sido de aproximadamente 1,6 milhão. O gerente de operações da Infraero em Natal, Fernando Menezes, confirma que a estrutura do Aeroporto Internacional Augusto Severo é inadequada para a atual demanda, mas garante que uma ampliação deverá ser iniciada no final de 2010. “A reforma realizada no ano 2000 fez com que a capacidade do aeroporto ficasse em torno de 1,5 milhão de passageiros anualmente e estamos com o projeto licitado para novas modificações”, garante.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: