06 janeiro, 2010

Brasil pode perder venda de soja à China com praga e EUA


As perspectivas do mercado para a demanda chinesa por soja em 2010 são positivas, mas a concorrência com a safra norte-americana e o crescimento da ferrugem asiática ameaça o Brasil, que corre contra o tempo para não perder a janela de oportunidade.

O apetite chinês pela oleaginosa irá continuar em 2010. A expectativa é que o país asiático - o maior importador mundial do grão - adquira 12 milhões de toneladas de soja apenas nos três primeiros meses do ano, superando em 1,85 milhão de toneladas o volume adquirido no primeiro trimestre de 2009.

O mercado já se mostra aquecido e, segundo o Centro Nacional de Informação de Grãos e Óleos da China (CNGOIC), são previstas que as importações chinesas de soja em dezembro alcancem um recorde mensal de 4,8 milhões de toneladas. "Com 12 milhões de toneladas de importações no primeiro trimestre de 2010, o abastecimento de soja terá um excedente", disse o CNGOIC em um informativo.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: