26 janeiro, 2010

Brasil e FMI concluem acordo


O Ministro da Fazenda, Guido Mantega, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, assinaram o Acordo de Compra de Notas (ACN) que estabelece os termos em que o Brasil contribuirá para a ampliação da capacidade de empréstimo do Fundo no montante equivalente a até US$ 10 bilhões.

Conforme o acordo, o Brasil, no prazo de dois anos, poderá comprar notas emitidas pelo Fundo. A compra de notas, que será operacionalizada pelo Banco Central, envolverá a aquisição de ativos emitidos pelo FMI e imediatamente conversíveis em moedas de liquidez internacional, se necessário. As Notas serão denominadas em direitos especiais de saque (DES). Assim, a operação apenas alterará a composição das reservas internacionais do país, contribuindo para sua diversificação.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: