14 janeiro, 2010

Bovespa defendeu os 70 mil pontos e dólar subiu a R$ 1,760


Mais um pregão marcado pela instabilidade nos mercados brasileiros. Compras no final da sessão seguraram a Bolsa de Valores de Valores de São Paulo (Bovespa) acima dos 70 mil pontos. Já o dólar ignorou a cena externa e subiu novamente, rompendo a linha de R$ 1,75. Com direção definida pelo IPCA de 2009, que fechou abaixo do centro da meta, os juros futuros perderam prêmio de risco.

Em Wall Street, as compras ganharam força no final da tarde e ajudaram a Bovespa a garantir fechamento em terreno positivo. Depois de marcar 69.535 pontos na mínima, o Ibovespa encerrou com alta de 0,44%, a 70.385 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 6,8 bilhões.

Como vem acontecendo desde a abertura do ano, Vale PNA concentraram compras em meio a crescentes expectativas de elevado reajuste no preço do minério de ferro. Em relatório, o Merrill Lynch elevou sua previsão de alta no preço do minério de 15% para 50% em 2010. Essa visão bastante otimista, bem acima da média do mercado que trabalha com 20% a 30%, está apoiada em uma estreita relação de oferta e demanda, maior preço no mercado à vista e uma retomada mais rápida do que a esperada no preço do aço.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: