10 dezembro, 2009

Partilha chegará a R$ 112,7 bi


Os estados que não produzem petróleo podem acumular R$ 112,7 bilhões em receitas do pré-sal, até 2025, caso a nova divisão de royalties e participação especial, acordada pelos líderes do governo, seja aprovada.

A votação no plenário da Câmara estava prevista para acontecer na noite de ontem, mas até o fechamento desta edição, não havia ocorrido. De acordo com projeções feitas pelo Ministério da Fazenda, divulgadas pelo líder do governo na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), com a manutenção das regras atuais de divisão das receitas obtidas com a cobrança dessas compensações, estes estados receberiam, até 2025, apenas R$ 20,8 bilhões.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: