29 dezembro, 2009

Importações complicam reajuste do aço


As siderúrgicas brasileiras devem se beneficiar de uma expressiva recuperação da demanda doméstica em 2010. Mas ainda enfrentam um mercado fraco no exterior, onde os preços do aço seguem baixos. Por isso, as negociações para aumentar o preço do aço no País serão difíceis por causa da ameaça das importações.

Atualmente, as usinas estão negociando com as indústrias alta de até 8% no setor de linha branca e de 12% no setor automotivo. Esse movimento tem levado montadoras e fabricantes de autopeças a recorrerem ao mercado externo, como é o caso da Volkswagen.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: