09 dezembro, 2009

Entre os Bric, apenas a China é vista como grande ameaça


Enquanto o Itamaraty busca se aproximar da Índia, não existem grandes preocupações entre os exportadores quanto ao papel da Rússia na disputa de mercados com o Brasil. “A economia russa é muito dependente do petróleo e não se organizou efetivamente para concorrer no terreno exportador”, diz o coordenador de Análise de Comércio Exterior da Fiesp, Fabrizio Panzini. “Não é de lá que vem o perigo”.

Entre os países produtores de manufaturados com baixo valor agregado, alguns sentinelas no Brasil já identificam no Vietnã um possível novo concorrente. Outra vez, porém, a China está por detrás do movimento. “É, na prática, a teoria dos gansos voadores, pela qual, basicamente por falta de espaço, muitas fábricas, no passado, migraram do Japão para a Coreia e, agora, seguem da China para o Vietnã”, explica Panzini. Na prática, instalando sistemas de longas jornadas de trabalho, mão de obra ultra barata e, permanente suspeita, trabalho infantil.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: