15 dezembro, 2009

China foi a saída para exportações brasileiras durante a crise


As exportadoras brasileiras mudaram sua estratégia ao longo de 2009 para evitar maiores perdas e enfrentar melhor os efeitos da crise internacional. Para isso, direcionaram suas vendas para a China. Segundo o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Alessandro Teixeira, vários setores apoiados pela agência vinham apostando fortemente no mercado japonês, mas perceberam que haveria um forte desaquecimento da economia do Japão e mudaram o rumo de sua estratégia.

“No ano passado, avaliamos que haveria uma queda expressiva no PIB [Produto Interno Bruto] do Japão e orientamos as empresas a focar em outros mercados, como a China”, disse Alessandro. O PIB japonês deve recuar 6% em 2009.

A Apex-Brasil apoia 74 setores da economia que envolvem 9.400 empresas. Segundo ele, a estratégia de enfrentamento da crise foi aumentar a visibilidade do produto brasileiro. Para isso, a Apex realizou, por exemplo, um estudo de todo o segmento de moda na Ásia, de joias a roupas, e identificou 40 cidades chinesas que poderiam ser atraentes para os produtos brasileiros.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: