09 dezembro, 2009

Brasil vira paraíso dos importadores


O Brasil se transformou no paraíso dos importadores. A valorização do câmbio, ou seja, o aumento do valor do real frente ao dólar, deixa os exportadores de manufaturas acuados e amplia o espaço para a importação. Entre 31 de dezembro de 2005 e o mês passado, a moeda americana acumula desvalorização de 34,06% frente à brasileira. Só este ano, a desvalorização chega a 25,10%. Dados da Associação do Comércio Exterior do Brasil (AEB) ilustram a disparidade que essa situação provoca no país. O Brasil tinha, até outubro, 18.815 empresas exportadoras ante 31.527 importadoras. Em dezembro de 2008, eram 20.408 exportadoras no país. Em menos de um ano, portanto, 1.593 deixaram a atividade.

A quantidade de exportadores vem caindo há quatro anos e a de importadores só aumenta. Em 2005, havia 1,2 importadora para cada exportadora no país. Hoje, levando-se em conta os números divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio exterior (Mdic), essa proporção aumentou para 1,7. De 2005 para cá, o número de exportadores cresceu 3% ante um salto de 34,7% no total de importadores. “O problema é que a estatística do governo para a exportação está inflada com cerca de 3 mil empresas que vendiam ao exterior via correio e por isso foram consideradas exportadoras.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: