24 julho, 2009

Lula critica “julgamento antecipado”

Empenhado em manter o aliado político José Sarney (PMDB-AP) no comando do Senado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a defendê-lo ontem. Lula comentou as gravações em que Sarney é flagrado tratando da contratação do namorado de uma neta – que foi efetivada por meio de ato secreto no Senado.

Depois de observar na posse do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que o Ministério Público Federal deve observar a biografia dos investigados ao apurar supostos crimes, na quarta-feira, Lula disse ontem que é preciso relativizar as suspeitas que recaem sobre o peemedebista.

– É preciso saber o tamanho do crime. Uma coisa é você matar, outra coisa é você roubar, outra coisa é você pedir emprego e outra é fazer lobby. Temos de fazer as investigações corretas – disse.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: