13 março, 2009

Portos privados

A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) começou, neste ano, a debater um novo modelo de arrendamento portuário que pretende contemplar aspectos que não foram previstos em contratos antigos e deixaram de fora negócios de que participaram os terminais e que não foram captados pelas administrações portuárias.

Como se sabe, há hoje grandes terminais que foram modelados na década de 1990, quando o Brasil ainda dava os primeiros passos nesse segmento, depois da aplicação da Lei de Modernização dos Portos (nº 8.630/93). Sem contar que há contratos de arrendamento de terminais de contêineres que se reportam a uma legislação anterior e outros que ainda seguem um modelo que não reflete a atual conjuntura do negócio portuário.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: