11 março, 2009

Logística de atendimento emergencial ao Transporte de Produtos Perigosos

Os efeitos causados por alguns acidentes tecnológicos ocorridos em nossa recente história industrial causaram perdas de vidas humanas, de patrimônio e prejuízos incalculáveis para o meio ambiente, como os acidentes ocorridos: 1) na explosão de um reator em Seveso, na Itália, em 1976; 2) no vazamento de isocianato de metila, em Bhopal, na Índia, em 1984; 3) na perda do controle de um reator na usina nuclear, em Chernobyl, na União Soviética, em 1986; 4) no incêndio de um depósito de produtos químicos em Basiléia, na Suíça, em 1986 e 5) no desastre do Exxon Valdez, no Alaska, em 1989.

A partir da divulgação dos casos que aconteciam no mundo, a sociedade começou a cobrar ações de prevenção e de controle para as fontes fixas e móveis potencialmente causadoras de danos.

Em uma operação de atendimento, como no caso de acidentes no transporte rodoviário de cargas perigosas o fator tempo é considerado como a diferença entre o sucesso e o fracasso da operação. Além do treinamento das equipes, a planificação das ações de combate com a utilização de um Sistema de Informações, dividindo bem o atendimento em fases, e a existência de um Plano de Emergência bem estruturados, é fundamental.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: