19 março, 2009

Crise provoca queda nos preços da carne

A crise internacional atingiu em cheio o mercado de carnes no País e levou a uma queda generalizada de preços no mercado doméstico, sobretudo em janeiro e fevereiro. Levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que a alta acumulada em 12 meses dos preços dos bovinos no atacado até março, que ficou em 12,13%, é a mais baixa desde novembro de 2007, quando subiu 8,63%. Esse cenário também se reflete no varejo, onde a inflação acumulada em 12 meses da carne bovina é de 19,05%, a menor desde dezembro de 2007, quando a taxa acumulava 16,18% no período.

Para especialistas, essa variação de preços foi puxada para baixo principalmente durante janeiro e fevereiro, meses em que os preços das carnes deveriam estar subindo por conta do período de entressafra. Mas mostraram deflação, nesses dois meses, em praticamente todos os principais índices inflacionários do mercado. Além da FGV, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) já havia detectado o fenômeno, no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro, que mostrou o preço das carnes (bovina e suína) em queda de 2,14% - a mais forte deflação mensal em mais de dois anos. Nas últimas divulgações dos Índices Gerais de Preços (IGPs), o coordenador de Análises Econômicas da FGV, Salomão Quadros, já tinha alertado para o cenário atípico nos preços das carnes. Para ele, o setor é um dos exemplos mais visíveis de influência das consequências negativas do recuo na demanda internacional, que levou a uma redução nas exportações de carne brasileira.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: