04 fevereiro, 2009

Menos tributo na carne

O Ministério da Fazenda avalia a possibilidade de isentar os frigoríficos que atuam no mercado interno da cobrança de 4,5% de PIS/Cofins sobre a aquisição de boi gordo. O objetivo da medida é dar fôlego para as agroindústrias em meio à crise internacional e permitir o aquecimento da economia. Os preços da carne bovina aos consumidores poderiam recuar, assim como ocorreu com o setor automotivo.

Indiretamente, a medida reduziria a competitividade dos frigoríficos que fazem abate clandestino. Estimativas indicam que 37,5% do abate nacional é irregular, ou seja, dos 40 milhões de cabeças de gado abatidos anualmente, 15 milhões saem de frigoríficos sem nenhum tipo de fiscalização. "Essa medida poderia trazer para a legalidade o abate de pelo menos parte desses 15 milhões de cabeças", afirma o diretor executivo da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), Otávio Cançado.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: