05 janeiro, 2009

Indústria terá obstáculos para exportar

A desaceleração das economias emergentes e a recessão nos mercados desenvolvidos reduzirão o poder aquisitivo dos países e, consequentemente, forçarão uma redução dos investimentos produtivos. Com base nesse cenário, nem mesmo a alta do câmbio, que eleva a competitividade dos produtos industriais brasileiros, terá força suficiente para aumentar as exportações de manufaturados. No entanto, na opinião de analistas, o Brasil deve insistir na diversificação dos mercados para amenizar o prejuízo do setor.

Para o vice-presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, a tendência para este ano é de queda significativa nas exportações de produtos industriais. "Pela lógica, o cenário é de queda. O problema ocorrerá porque a demanda pelos produtos vai cair muito fortemente. Mesmo o câmbio elevado, que amplia a competitividade dos produtos brasileiros, não será suficiente para mudar o quadro", informa o especialista.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: