20 janeiro, 2009

Brasil passa México nos negócios da GE

Há pouco mais de dois anos, quando assumiu o comando da companhia americana General Electric na América Latina, o brasileiro Marcelo Mosci ficava cerca de 90% do seu tempo no exterior, em reuniões na matriz e em contínuas viagens para visitar as operações do grupo nos 34 países da região. Hoje, 60% do tempo é dedicado ao Brasil, que no decorrer dos anos vem ampliando sua participação no volume de negócios realizados pela companhia na região. No ano passado, pela primeira vez a operação brasileira suplantou a do México em receita, ao alcançar US$ 3,4 bilhões, de um total da US$ 8,2 bilhões obtido na América Latina.
Marcelo Mosci, presidente na AL: 2009 será um ano difícil, mas vamos trabalhar firme para crescer acima de 10%.

O desafio, agora, é como manter o desempenho da região daqui para frente com o impacto da crise econômica mundial nos mais diversos setores de atuação da GE no mundo - de fabricação de locomotivas, turbinas para avião, equipamentos para extração de petróleo até aparelhos de raio-x para hospitais, além das áreas de entretenimento e financeira. Olhando para 2008, a GE não tem do que reclamar de seu desempenho na América Latina: foi um crescimento recorde de 27%. Quatro dos negócios tiveram receita superior a US$ 1 bilhão cada um, dois em infra-estrutura e dois no setor financeiro. O Brasil ficou com um deles.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: