02 dezembro, 2008

Negociação entre Brasil e UE pode render bilhões de dólares

A barganha entre o Brasil e a União Européia (UE) sobre cotas para produtos agrícolas brasileiros está praticamente definida, a partir de um acordo de liberalização pela Rodada Doha, podendo render alguns bilhões de dólares adicionais de exportações para o mercado europeu. Com este cenário bem encaminhado, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e a nova comissária européia de Comércio, Catherine Ashton, tiveram um almoço de trabalho ontem em Genebra e enfatizaram a determinação de negociar um acordo agrícola e industrial até o fim do ano, o que julgam “bom para a humanidade”.

Em entrevista coletiva, Amorim e a comissária indicaram “convergências de vistas” e demonstraram um prudente otimismo. “Estamos no mesmo barco”, disse Amorim. “Sem renunciar a nossos interesses e dos grupos que representamos, o Brasil e a UE podem contribuir numa ampla medida para a conclusão de um acordo.” Até recentemente era mais fácil ver uma coletiva do Brasil e da Índia juntos, aliados no G-20, atacando a União Européia e os Estados Unidos. Amorim disse esperar que logo o ministro indiano, Kamal Nath, e a americana, Susan Schwab, se juntem no mesmo esforço.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: