26 novembro, 2008

Tecnologia ajudará na exportação

- Eliminar o risco de resultado falso-positivo em testes sorológicos para aftosa é fundamental para o Brasil conquistar novos mercados importadores de carne bovina in natura, avalia o consultor Fabiano Tito Rosa, da Scot Consultoria.

Hoje, grandes consumidores de carne bovina, como Estados Unidos e Japão, não compram a carne in natura brasileira por causa do status sanitário do País. Atualmente, a maioria das regiões brasileiras é considerada área livre de aftosa com vacinação. Apenas o Estado de Santa Catarina tem status livre de aftosa sem vacinação. "A maior barreira à carne bovina brasileira é a aftosa. Metade do mercado internacional está fechado para nossa carne in natura porque só compram de países livres de aftosa sem vacinação", diz Tito Rosa.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: