03 novembro, 2008

Santander vai direcionar R$ 2,56 bilhões ao País

O presidente mundial do banco Santander, o espanhol Emilio Botín, não demonstra muitas preocupações com a turbulência que se abate sobre todas as economias globais e é firme ao traçar um compromisso: tornar-se o banco privado número um do Brasil até 2010. Esse objetivo é impulsionado pela aquisição do Real, no ano passado, e que está em franco processo de integração desde agosto. Para isso, serão abertas 400 agências e investidos R$ 2,56 bilhões no País nos próximos três anos, conforme detalhou Botín em São Paulo.

A escolha do local para fazer o anúncio não foi à toa: é daqui que saem 20% do lucro do Santander em todo o mundo. "O Brasil é prioritário em nossa estratégia internacional. Há vários anos venho dizendo o mesmo: quem não estiver no Brasil é como não estivesse na América Latina", afirmou Botín.
O executivo, que do alto de seus 74 anos comanda o banco que deve fechar 2008 entre os três primeiros internacionais do mundo em lucros, ressaltou que o continente recebeu investimentos de US$ 31 bilhões nos últimos 10 anos - dos quais o Brasil abocanhou 75%. Até setembro, o Santander lucrou quase 7 milhões de euros a mais do que na mesma época no ano passado. No Brasil, Botín comprometeu-se com lucros líquidos de R$ 4,8 bilhões até dezembro; R$ 6,1 bilhões para 2009 e R$ 7,9 bilhões em 2010.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: