10 novembro, 2008

Rodada Doha é melhor arma contra recessão

Por mais desejáveis que sejam todos os esforços dos ministros da Economia, reunidos para discutir a crise financeira no fim de semana em São Paulo, a medida de real impacto contra a ameaça de recessão está no campo comercial e depende dos presidentes e primeiros-ministros, afirma o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim. “A medida anticíclica na economia real, de maior impacto, é a conclusão da Rodada Doha, na Organização Mundial do Comércio”, afirma Amorim. É a única maneira de enfrentar as pressões protecionistas que apontam no cenário mundial, garante.

“A única maneira de evitar o protecionismo é terminando essa etapa da negociação, neste ano”, declarou o ministro. A Rodada Doha, de liberalização comercial entre os sócios da OMC, está na etapa da modalidades, na qual os países decidirão as fórmulas para reduzir tarifas, subsídios que distorcem o comércio e outras barreiras comerciais. Desde julho, houve um impasse na discussão, e Amorim diz ver ainda uma possibilidade de retomar as discussões para um acordo até o dia 12 de dezembro. Mas seria necessária uma instrução clara dos chefes de Estado, que se reunirão em Washington, no sábado.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: