13 novembro, 2008

Queda do preço dos grãos ameaça o armazenamento

A forte desaceleração nas negociações de grãos em razão das baixas cotações, além de descapitalizar o produtor, poderá gerar no curto prazo problemas de ordem logística. O aumento no volume dos estoques de passagem irá esbarrar no déficit de capacidade estática do País que, em 2008, já atingiu 47,2 milhões de toneladas.

Sem repetir o volume de exportação recorde registrado no ano passado, os produtores de milho estão entre os mais prejudicados. As cotações da commodity seguem em queda, pressionadas justamente pelos elevados estoques. Em apenas cinco dias, encerrados em 10 de novembro, o Indicador Esalq/BM&FBovespa caiu 4,7%.

De acordo com Lucilio Alves, pesquisador do Centro de estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a perspectiva é negativa já que no último trimestre de cada ano os embarques tendem a diminuir. "O volume exportado neste ano deve ficar expressivamente abaixo do observado em 2007", disse.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: