11 novembro, 2008

Previsão de Demanda aos Consumidores Finais

Por que as organizações devem realizar a previsão de demanda? As atividades inerentes para a previsão de demanda seriam exclusivas ao setor industrial? Qual o custo para as organizações, quando na realização da previsão de demanda?

A capacidade em prever as demandas consumidoras está relacionada, em um primeiro momento, aos modelos de produção Push and Pull Systems. De forma simples, a visão Push refere-se à capacidade de produzir e empurrar recursos materiais ao mercado. Já a visão Pull é o contrário. A produção é iniciada, mediante a confirmação de compra pelos consumidores finais. Entre as duas opções, a preferência atual das organizações está pela visão Pull, pois algumas regras de gestão da cadeia de suprimentos podem ser respeitadas. Entre elas, quanto menor a quantidade de fornecedores, melhor será a eficiência da logística empresarial. Um número menor de fornecedores estimula uma maior supervisão e giro de estoques entre a empresa contratante e a contratada. Por outro lado, fornecedores mais próximos, possibilitam a adoção de modelos colaborativos, relacionamento de longo prazo e redução de custos de transportes.

Em um segundo momento, a capacidade em prever as demandas correlaciona-se a redução dos custos de armazenagem. O entendimento de que estoques são recursos físicos, mas essencialmente financeiros é primordial. Portanto, estoque deve girar e se movimentar entre fornecedores, fábricas, depósitos e consumidores finais. A sua permanência em uma destas etapas do fluxo logístico, pode ocasionar em perdas, roubos, depreciação e prejuízos.

Clique aqui e veja o artigo na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: