06 novembro, 2008

MRS logística reduz previsão de crescimento para 10% em 2009

A principal transportadora de minério de ferro do Brasil, MRS Logística, reduziu sua estimativa de crescimento, que era entre 20% e 25%, no volume transportado em 2009 em mais de 50%. Isso porque a companhia foi afetada pelo corte de 30 milhões de toneladas na produção da Companhia Vale do Rio Doce. Com isso, a empresa trabalha agora com a expectativa de um avanço de 10% a 12%, similar ao que deve registrar este ano.

Segundo o jornal, o corte na produção da Vale, fez com que a MRS forçasse féria a 10% de seus funcionários e postergasse ao máximo os investimentos programados para os próximos dois anos. A companhia pretende ampliar para 25% dos funcionários o programa de férias coletivas, começado na última semana, nos próximos três meses. De acordo com o presidente da companhia, isso irá permitir que a companhia ganhe até quatro meses sem ter mão-de-obra ociosa.

Para este ano, a companhia previa transportar 140 milhões de toneladas, sendo que 75% desse total vêm da Vale e da CSN. Além disso, a MRS estimava chegar a 200 milhões de toneladas até 2010. Por isso, em 2007 iniciou um plano de investimentos com um desembolso de US$ 3 bilhões até o ano que vem. Desse total, US$ 1,3 bilhão seria investido principalmente na compra de vagões, locomotivas e sistemas para acompanhar a demanda mundial, que acreditava ser crescente.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: