25 novembro, 2008

Logística faz aportes e aposta em retomada a partir de maio

As empresas de logística dão continuidade a investimentos em infra-estrutura dentro do mercado brasileiro, ao acreditarem na tendência apontada por profissionais do setor de que, no País, haverá demanda, especialmente interna, para logística em 2009, com fôlego a partir de maio, quando a crise deverá ter começado a se dissipar. A AGV Logística, por exemplo, anunciou a inauguração de três filiais para atender novos clientes, além de ter oito projetos em andamento, enquanto o Grupo Columbia uniu-se ao Grupo Júlio DAvila para incrementar as operações no Sul do País.

E a filial local da européia Panalpina vê boas oportunidades no mercado nacional. "A partir de maio o mercado volta a se aquecer, e estaremos focados na logística interna, cobrindo toda a demanda nacional, por meio das 14 filiais da empresa", analisou Cristiano Koga, diretor comercial da Panalpina Brasil.

Mesmo com a incerteza que ronda o mercado nos próximos meses e a possibilidade de desaceleração, a Panalpina vive com a expectativa de crescer dois dígitos em 2009. Este ano, o incremento calculado para o faturamento estava na casa dos 35% até o mês passado. Koga apontou que o aumento dos negócios foi um reflexo do crescimento do tráfego nas importações e aplicação de soluções dentro do mercado nacional. Hoje, a logística brasileira responde por 30% dos ganhos anuais da Panalpina local, que confirma o esforço de equilibrar essa conta, em função do aquecimento que espera no País.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: