28 novembro, 2008

Governo já estuda "PAC 2" para crescer na crise

Os R$ 503,9 bilhões previstos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, serão mantidos nesse período da crise. No entanto, ministros já afirmam que os recursos ainda deverão ser ampliados, dando lugar a um "PAC 2", que deverá ser aplicado no próximo ano para garantir que a economia brasileira cresça 4% em meio à crise.

A base do projeto seria ancorada, principalmente, no setor de mobilidade urbana, já prevendo uma melhora das alternativas viárias e de transporte público para a Copa do Mundo de 2014, que será sediada no País.

De acordo com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, o Brasil vem caminhando bem nesse período da crise, tendo um crescimento dos investimentos nos últimos anos maior do que o Produto Interno Bruto (PIB), além de caminhar para um déficit nominal zero. "Entendemos que se seguisse a tendência da economia global, nosso crescimento para 2009 ficaria próximo dos 3,5%, mas o governo vai interferir para chegar aos 4%. Mantendo os investimentos do PAC e as previsões para a exploração do pré-sal". Segundo o ministro, o investimento em infra-estrutura será a "ancora" da economia brasileira no próximo ano. "Nesse momento de redução global de investimentos, o PAC será o motor da economia", salienta.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: