06 novembro, 2008

Contrato com a Petrobras é confirmado pela direção da Ipiranga

Em nota divulgada ontem, a direção da Refinaria de Petróleo Ipiranga admitiu ter firmado, em setembro, um contrato de industrialização de petróleo com a Petrobras. Sem entrar em detalhes, comunicou que o contrato segue regras de mercado e assegura por um período de 12 meses a prestação de serviços de produção de derivados de petróleo, previamente negociados, para atender a demanda da estatal, diminuindo a importação de diesel e de outros derivados.

Conforme a direção da empresa, que é controlada em partes iguais pelos grupos Petrobras, Braskem e Ultra, a Petrobras passa a ser um dos clientes da Refinaria Ipiranga. Porém, a refinaria continuará atendendo o mercado gaúcho através da produção e comercialização de seus derivados, uma vez que apenas parte ociosa da sua capacidade está sendo destinada ao contrato com a estatal.

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Destilação e Refinação de Petróleo do Rio Grande (Sindipetro/RG) diz ter informações de que a Petrobras está colocando na refinaria em torno de 9 mil barris/dia de petróleo, a qualquer nível de preço, e remunera com pequena margem, suficiente para investimentos de manutenção e conservação do parque fabril.
A colocação destes 9 mil barris de petróleo/dia irá maximizar a produção para o óleo diesel que, antes do contrato, era direcionada à nafta, segundo José Marcos Olioni, presidente do Sindipetro/RG. Ele observa que esse contrato vai evitar a ociosidade da planta industrial e evitará novas paralisações na produção.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: