22 outubro, 2008

Venezuela deseja ter "diálogo respeitoso" com o próximo governo dos EUA

A Venezuela deseja ter "um diálogo respeitoso" com a próxima administração dos Estados Unidos e uma relação que permita "recuperar e potenciar" os níveis dos laços comerciais, energéticos e culturais que há entre as sociedades.

A afirmação foi feira à Agência Efe pelo chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, que afirmou que o presidente George W. Bush "deixa destroçadas as relações do governo dos EUA com a América Latina e o Caribe e, inclusive, com o resto do mundo".

"Nós somos os mais interessados em ter (com Washington) um diálogo sobre a base do respeito, é chave... Acabou o tempo em que eles podiam vir e tratar nosso país como uma colônia petrolífera. Acabou e eles sabem. Este tempo nunca mais voltará", declarou o ministro.

"Quem vir à Casa Branca terá que nos respeitar, seja um ou outro", declarou em alusão aos dois candidatos à Presidência dos EUA, o republicano John McCain e o democrata Barack Obama.

As tensas relações entre Venezuela e EUA sofreram um repentino esfriamento em meados de setembro, quando o presidente venezuelano, Hugo Chávez, ordenou a expulsão do embaixador americano em Caracas, Patrick Duddy, ação que Washington respondeu com uma medida similar.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: