01 outubro, 2008

Superávit até agosto ultrapassa o de 2007

Em meio à tempestade que sacode os mercados financeiros internacionais, o Banco Central (BC) divulgou ontem números que consolidam a boa imagem fiscal do País. Entre janeiro e agosto, o setor público acumulou um superávit primário recorde de R$ 108,4 bilhões (5,78% do PIB), maior do que a poupança para pagamento da dívida realizada em todo 2008. Até mesmo a temida desvalorização do real em relação ao dólar foi benéfica para as contas públicas, fazendo a dívida líquida cair mais um pouco, para 40,5% do PIB.

O motivo da queda no endividamento é que hoje o governo brasileiro é credor e não devedor em moeda estrangeira. Ou seja, os ativos dolarizados superam os passivos em R$ 279 bilhões. Nessas circunstâncias, se o dólar for mantido na cotação de R$ 1,90 até o final do mês, como prevê o mercado, a dívida líquida do setor público poderá fechar setembro em 38,9% do PIB - o mesmo nível de dezembro de 1998, antes da crise cambial.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: