31 outubro, 2008

Greves afetaram obras do PAC em outubro

O governo admitiu que houve um freio no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em outubro, mas tratou de desvincular a queda nos investimentos da crise financeira e usou as greves do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) e da Caixa Econômica Federal (CEF) como explicação.

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, prometeu " um salto em novembro " e disse não acreditar " em uma desaceleração profunda do crescimento que leve à queda da arrecadação " . Em outubro, até o dia 23, os empenhos dos ministérios dos Transportes, das Cidades e da Integração Nacional alcançaram R$ 319 milhões, de acordo com o balanço do PAC divulgado ontem. Em setembro, haviam sido empenhados R$ 1,576 bilhão pelos mesmos ministérios.

Servidores do DNIT entraram em greve no fim de setembro e só voltaram na quarta-feira ao trabalho. A ministra estimou em R$ 1 bilhão os recursos parados na autarquia, à espera de ordens de desembolso. No caso da CEF, segundo o governo, a paralisação impediu o repasse de verbas federais a Estados e prefeituras.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: