20 outubro, 2008

Bancos médios viram alvo de investidores

A crise de crédito norte-americana, cujos primeiros efeitos já começam a contaminar a economia real, não afetaram os planos de bancos e fundos de investimento em apostar no setor financeiro do País. Algumas dessas carteiras têm aproveitado a recente desvalorização das ações de bancos de médio porte listados na bolsa para ir às compras.

Na semana passada, por exemplo, o JP Morgan Writefriars, fundo global do banco norte-americano, divulgou que já possui quase 23% das ações preferenciais do Indusval, especializado em financiamentos a médias empresas. "São investidores que olham o longo prazo e apostam no potencial das instituições. Muitos deles aproveitaram a queda no valor das ações para reforçar o movimento de compras", afirma o diretor do banco, Luiz Mazagão Ribeiro.Em sua estréia na bolsa, em julho do ano passado, o Indusval teve os papéis vendidos a R$ 17,50. Na sexta-feira, eram negociados a apenas R$ 5,80.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: