18 setembro, 2008

Remessa de dólares para os EUA cresceu 44%

Multinacionais americanas instaladas no País têm enviado dólares às sedes como nunca visto. A crise imobiliária nos Estados Unidos acelerou a transferência de recursos e o volume cresceu 44% no acumulado em 12 meses até junho. Nesse período, US$ 9,5 bilhões trocaram o Brasil pela maior economia do mundo. Com tantas remessas, o País sobe no ranking dos que mais enviam receita às empresas nos EUA e já supera Japão, China, Rússia e Índia.

Levantamento do Escritório de Análises Econômicas do Departamento de Comércio dos EUA atualizado ontem revela que a transferência de receitas geradas pelos Investimentos Estrangeiros Diretos (IED) americanos no Brasil cresce em ritmo muito superior ao de outros mercados. Enquanto as remessas brasileiras saltaram quase 45%, o montante enviado pelo conjunto de todos os países à maior economia do mundo cresceu 15,5% no período. O valor remetido atualmente pelo Brasil é mais de dez vezes superior ao de pouco mais de cinco anos atrás. Em 2002, US$ 880 milhões saíram do País e rumaram para os EUA.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: