24 setembro, 2008

Petrobras recupera produção e royalties registram nova alta

As ações da Petrobras para recuperar a produção de petróleo no Rio Grande do Norte ajudaram a alavancar o volume repassado em royalties ao estado, que vinha declinando no ano passado na esteira de revisões de alíquotas pela ANP e da queda da produção, por motivos como o envelhecimento dos campos. Segundo balanço divulgado ontem pela estatal, os repasses, de janeiro a setembro de 2008, chegaram a R$ 281,78 milhões, número 37,05% maior que o alcançado no acumulado de 2007 e que por pouco não bate o volume que a empresa pagou ao estado e aos municípios pelas atividades de produção e exploração em território potiguar durante todo o ano passado: R$ 283,48 milhões.

Os repasses referentes apenas a setembro atingiram a marca de R$ 38,35 milhões, o maior nível da história da produção de petróleo na Bacia Potiguar. O recorde mais recente havia sido batido em agosto, com R$ 34,65 milhões. O volume pago ao estado entrou em curva de declínio em 2007, ano em que atingiu o menor patamar desde 2005 (ver quadro). Segundo o economista e pesquisador de rendas petrolíferas pelas Universidades Potiguar (UnP) e Cândido Mendes, do Rio de Janeiro, Mário Jesiel, a queda, de acordo com os relatórios da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), foi influenciada pela revisão das alíquotas dos campos de petróleo, que variam de 5% a 10% do valor de produção de cada campo e pela redução do volume de produção de óleo e gás em alguns campos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: