18 setembro, 2008

Petrobras quer parcerias para produção de álcool

O presidente da Petrobras Biocombustível, Alan Kardec Pinto, disse ontem que a companhia pretende concentrar as parcerias nacionais e internacionais nos projetos de construção de destilarias de álcool. A medida visa a atingir a meta de produção e exportação, em 2012, de 4,75 bilhões de litros do combustível em 20 unidades previstas. "Não queremos 20 parceiros nacionais e nem 20 internacionais, queremos grandes parceiros, porque o tempo para as metas é curto", revelou Kardec Pinto. "Cinco ou seis parceiros nacionais e um ou dois estrangeiros seriam ótimos", sugeriu o executivo, em entrevista na conferência Rio Oil & Gas, que termina hoje, no Rio de Janeiro.

Pelo modelo de produção de álcool para exportação da Petrobras, a companhia tem 20% da unidade sucroalcooleira, o parceiro internacional, que é o comprador do combustível, tem outros 20% e os 60% restantes são de um empresário nacional. Até agora, a única unidade das 20 previstas está em construção em Tarumã (GO), em parceria com a trading japonesa Mitsui, que utilizará o combustível para a produção de energia elétrica no Japão. A unidade irá produzir 200 milhões de litros em 2010. Somente este ano, a Petrobras já exportou 450 milhões de litros de etanol ante uma meta de 500 milhões de litros.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: