26 setembro, 2008

Petrobras quer manter áreas do pré-sal por mais tempo

Os prazos exploratórios das áreas mais conhecidas do pré-sal terminam na próxima semana, de acordo com o programa original estabelecido pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Nos bastidores, a Petrobras trabalha para ficar com as áreas por mais tempo, para evitar a devolução de parte delas para a União. A empresa enviou para a reguladora todos os planos de avaliação com data expirando em setembro, mas Bem-te-vi (BM-S-8), Guará (BM-S-9) e Iara (BM-S-11) ainda não tinham aprovação da agência até a semana passada.

As descobertas realizadas nestas áreas podem não ter sido suficientes ainda para mantê-las integralmente com a Petrobras e as parceiras Shell, Galp, BG e Repsol. Pelas regras vigentes, as empresas ficam com um pedaço da concessão onde é descoberto petróleo e gás. As partes sem indícios de hidrocarbonetos devem voltar para a União. Extenso e sem indícios na maior parte do bloco, Bem-te-vi seria o principal problema da Petrobras.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: