16 setembro, 2008

Impacto da crise na China é chave para Brasil

Economistas ouvidos pela BBC Brasil são quase unânimes em afirmar que a crise americana deve chegar amortecida ao Brasil e que o principal impacto no no país deve ser uma redução do crescimento econômico. O país cresceria menos, mas ainda assim continuaria a crescer. O tamanho da desaceleração, porém, dependeria de um fator por enquanto desconhecido: o impacto desse mesma crise na China.

"Enquanto a China continuar crescendo de forma acelerada, os impactos no Brasil serão limitados. Se a China desacelerar muito, o Brasil vai sentir o tranco", diz economista Ricardo Amorim, diretor executivo para mercados emergentes do WestLB.

1929

Na opinião de Amorim, os Estados Unidos não vêem pior crise desde 1929. "Independentemente da definição técnica, na prática, a economia americana já está em recessão. A dúvida é apenas quanto tempo a recessão vai durar e quão profunda ela será."

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: