18 setembro, 2008

Construção da P-55 começa em janeiro

A construção da segunda plataforma da Petrobras no Rio Grande do Sul começa em janeiro de 2009 no porto do Rio Grande. A P-55, para exploração no campo de Roncador, no Rio, será a primeira unidade para exploração de óleo com execução 100% brasileira e prevê investimento de US$ 4,5 bilhões, sendo US$ 1,7 bilhão aplicado na montagem na cidade portuária. O anúncio da escolha do Estado foi feito na segunda-feira passada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que comanda hoje o batismo da P-53, primeira unidade construída em Rio Grande, com presença de ministros e da governadora Yeda Crusius. O ato, que será no cais onde está a P-53, terá espumante de vinícola gaúcha na tradicional quebra da garrafa durante o batismo.

A estrutura deve zarpar do litoral gaúcho na próxima semana, depois de um ano de trabalhos no porto, segundo o gerente para implantação da plataforma no campo Marlim Leste, na Bacia de Campos, Rômulo Coelho. Será a primeira unidade a operar no campo. A idéia inicial é de que a P-53 deixasse Rio Grande amanhã, mas a previsão de mau tempo adiou a saída.
A diretora de Petróleo, Gás e Energia da Petrobras, Maria das Graças Foster, será a madrinha da estrutura. A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, participam da cerimônia, que está prevista para começar às 10h30min de hoje. O presidente chegará ao cais de helicóptero, vindo de Pelotas.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: