26 setembro, 2008

Brasil continuará dependente de importação de fertilizante

O Brasil tende a continuar dependente da importação de três dos principais insumos para a produção de fertilizantes, pelo menos no médio prazo, na avaliação do diretor de Mineração e Projetos da Bunge, Vicente Humberto Lobo Cruz. Em 2007, segundo o executivo, o Brasil passou a ocupar a quarta colocação entre os maiores consumidores de fertilizantes do mundo, mas com uma participação de apenas 2% da produção mundial.

Neste mesmo ano, as importações representaram 74% do suprimento brasileiro. Por outro lado, o País é o que vem apresentando a maior taxa de crescimento no consumo mundial de nutrientes, de 7% ao ano entre 1990 e 2007, enquanto as taxas mundiais situaram-se em 1% no mesmo período.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: