10 setembro, 2008

Bovespa caiu para 48 mil pontos e dólar voltou a R$ 1,77

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) caiu para o patamar dos 48.400 pontos, o menor desde agosto do ano passado. O dólar subiu a R$ 1,77 e praticamente zerou as perdas do ano. Os juros futuros voltaram a encerrar em alta. Esse é o resumo de um dia bastante negativo para os mercados brasileiros, que refletiram a continuada queda no preço das commodities, a apreciação do dólar e o temor de novas falências no sistema financeiro norte-americano.

Nos Estados Unidos, a terça-feira também foi de perdas acentuadas. O alívio trazido pelo resgate às financeiras hipotecárias Freddie Mac e Fannie Mae não sobreviveu às preocupações com o Lehman Brothers e suas perdas com o crédito imobiliário. O assunto ganhou corpo depois que saíram notícias indicando que o Banco de Desenvolvimento da Coréia (KDB, na sigla em inglês) não iria mais injetar dinheiro na instituição. Com isso, o papel desabou 45% e puxou vendas em todo do setor financeiro dos EUA. Ao final do dia, o Dow Jones cedeu 2,43%, enquanto o Nasdaq recuou 2,64%.

Na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), as vendas se acentuaram conforme aumentavam as preocupações em Wall Street. O resultado disso foi a maior queda percentual diária desde 19 de março e Ibovespa no menor patamar desde 16 de agosto de 2007.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Nenhum comentário: