31 julho, 2008

Pemex reduz produção no primeiro semestre

A estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) anunciou hoje que sua produção diária de petróleo caiu, em média, para 2,856 milhões no primeiro semestre de 2008, em comparação aos 3,162 milhões de barris diários registrados no mesmo período do ano anterior.

A petrolífera mexicana reportou que suas exportações de petróleo também diminuíram entre janeiro e junho deste ano, para 1,454 milhão de barris diários, ante a média de 1,718 milhão de barris diários exportados em igual período de 2007.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Expansão da Rio Tinto abre espaço para pólo siderúrgico em MS

A expansão da Rio Tinto no Brasil, projeto que envolve investimentos de 2,15 bilhões de dólares para produzir 12,8 milhões de toneladas de minério de ferro a partir de 2010, vai viabilizar a construção de um pólo siderúrgico em Corumbá (MS), informou o diretor financeiro e de recursos humanos da Rio Tinto Brasil, Aloísio Oliveira.

A logística era o maior desafio para a expansão da Rio Tinto no país, segundo Oliveira, mas a evolução do preço do minério e as boas perspectivas de demanda futura, puxada pela China, garantem a sustentabilidade do crescimento da empresa no Brasil, nesse e em outros projetos.

O projeto de Corumbá estava na gaveta desde o início desta década.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Deutsche Bank reverte prejuízo e lucra US$ 1 bi

O banco alemão Deutsche Bank anunciou hoje que o seu lucro líquido caiu 63% no segundo trimestre deste ano, puxado por baixas contábeis adicionais, queda de receita, maiores provisões de risco de crédito e uma perda em sua carteira de ativos mobiliários, refletindo a continuidade da turbulência no setor financeiro. Entretanto, o resultado foi uma boa surpresa, já que superou o previsto para o período e reverteu o prejuízo apresentado pelo banco no primeiro trimestre deste ano, que havia sido o primeiro em cinco anos.

O maior banco alemão em capitalização de mercado registrou um lucro líquido de 649 milhões de euros (US$ 1,01 bilhão) entre abril e junho de 2008, abaixo dos 1,78 bilhão de euros obtidos no mesmo período de 2007. O resultado foi superior às estimativas dos analistas de um lucro de 426 milhões de euros.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Centro-Oeste e Sudeste empatam na exportação de carne de frango

Respondendo, conjuntamente, por pouco mais de 25% das exportações brasileiras de carne de frango, Centro-Oeste e Sudeste embarcaram praticamente o mesmo volume no primeiro semestre de 2008, já que a diferença de volume entre as duas Regiões foi inferior a duas mil toneladas. Isso se deve ao fato de os embarques do Sudeste terem crescido 34% (em São Paulo, quase 38%), enquanto no Centro-Oeste a expansão foi de 16,5%.

O empate, entretanto, não altera a liderança isolada da Região Sul, ainda responsável por cerca de um quarto das exportações brasileiras, e onde também se observa um empate entre os dois maiores exportadores (da Região e do País), Santa Catarina e Paraná. Neste caso, a diferença a favor de Santa Catarina foi de apenas 3,4 mil toneladas ou 0,7%.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Ex-ministro diz que Brasil deve buscar acordos bilaterais

Após o fracasso da Rodada Doha, os caminhos que o Brasil têm a seguir são o de investir em sua própria competitividade e o de realizar acordos bilaterais. A avaliação é do coordenador do Centro de Agronegócios da Fundação Getulio Vargas e ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues.
"O Brasil e qualquer outro país agrícola exportador têm muito a perder com o fato de não haver o acordo de Doha. Mas é uma perda nos médio e longo prazos.

Agora, nós temos que compensar essas perdas do futuro investindo já na lição de casa e em acordos bilaterais. O México explodiu em termos de exportações por meio de acordos bilaterais, o Chile também", avaliou hoje (30), em entrevista à Agência Brasil.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Setor perderá R$ 5 bilhões anuais por causa de Doha

"O mercado agrícola brasileiro deixará de exportar R$ 5 bilhões anualmente, em conseqüência da ausência de acordos comerciais na Rodada Doha, realizada no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Bruxelas. Outra conseqüência séria deverá acontecer quando um determinado produto ficar com preço muito baixo no mercado internacional e os Estados Unidos resolverem reforçar o protecionismo em favor de seus produtores". A avaliação foi feita nesta quarta-feira (30) pelo assessor técnico da Comissão Nacional de Comércio Exterior da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Matheus Zanella, em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional.

Zanella avaliou que a atual crise mundial na área do abastecimento de produtos alimentícios tinha relação direta com as discussões da Rodada. Ele avaliou que o fracasso nas negociações de Doha "deverá desencadear um impulso de acordos bilaterais em todo o mundo, e o Brasil deverá aderir a essa prática.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Barril da Opep cai US$ 0,85, para US$ 120,88

O barril da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) foi negociado nesta quarta-feira a US$ 120,88, US$ 0,85 a menos que na sessão anterior, informou hoje o secretariado do cartel em Viena.
O petróleo de referência da Opep alcança assim sua cotação mais baixa em oito semanas, e é negociado a um valor 11% mais baixo do que há apenas um mês.

Esta queda contrasta com as altas registradas pelos petróleos tipo Brent e Texas, que ontem subiram devido ao anúncio da leve redução das reservas nos Estados Unidos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Conportos virá ao porto do Rio Grande em agosto

Em reunião realizada na última terça-feira, na Superintendência do Porto do Rio Grande (SUPRG), para tratar do andamento das questões de segurança portuária relativas ao Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações Portuárias (ISPS Code), foi informado às autoridades presentes que, no próximo mês, acontecerá a visita da Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos), a qual estará acompanhada da Guarda Costeira Americana. Na reunião, estiveram presentes o representante do Porto do Rio Grande (Autoridade Portuária), Darci Antônio Tartari, a delegada responsável pela Delegacia Especial de Polícia Marítima (Depom), Janaina Braido, o capitão dos portos do Estado do Rio Grande do Sul, capitão-de-mar-e-guerra Carlos Alberto Gouvêa, o inspetor-chefe da Alfândega do porto do Rio Grande, José Carlos Barbosa, e o supervisor da Guarda Portuária, José Carlos Medeiros.

Em Rio Grande, os membros da Conportos e da Guarda Costeira Americana irão visitar os terminais portuários para conhecerem as condições de segurança das instalações e os planos de segurança em operação. Atualmente, oito dos dez terminais do porto gaúcho do Rio Grande já obtiveram a Declaração de Cumprimento (DC) das normas estabelecidas pelo ISPS Code. Os outros dois estão operando com Termos de Aptidão Temporário (TA) expedidos pela Conportos. Os oito terminais que já se ajustaram plenamente ao ISPS são os Bianchini, Termasa, Tergrasa e Bunge (de grãos), Copesul e Granel Química (produtos químicos), Tecon (contêineres) e Porto Novo (carga geral). Os terminais da Yara Brasil (fertilizantes) e Transpetro estão em busca da DC.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Bovespa marca nova alta e dólar tem menor valor desde 1999

A quarta-feira foi um dia bastante positivo para os mercados brasileiros. A Bovespa subiu forte e encostou nos 60 mil pontos. O dólar seguiu operando nas mínimas em mais de nove anos e os juros futuros longos apontaram para baixo, reagindo à redução na inflação no atacado.

O tom do pregão foi garantindo por dois fatores - dados favoráveis sobre a economia norte-americana e recuperação no preço das commodities.

Pela manhã, a ADP, empresa que processa folhas de pagamento, apontou que o setor privado norte-americano criou 9 mil vagas em julho, contrariando a previsão de fechamento de 60 mil postos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

EUA sugerem novo modelo para Rodada Doha

Em pedaços depois do colapso, a Organização Mundial do Comércio (OMC) tenta recolher os cacos e pensar no futuro. Um dia após o fracasso da negociação, o governo americano sugeriu que o modelo adotado na Rodada Doha fosse substituído por acordos em assuntos onde houvesse consenso. O ministro das Relações Exteriores do Brasil, o chanceler Celso Amorim, deixou claro que a proposta não funcionaria, já que apenas um pacote poderia ser aceito por negociadores.

Uma das poucas idéias concretas foi apresentada pela representante de Comércio dos EUA, Susan Schwab. A regra estabelece que todos os temas precisam ser acordados antes da assinatura de um tratado. Por isso, parte do processo se complica, já que governos exigem pagamentos em vários setores por concessões feitas em uma área. Schwab defende a aprovação de pacotes à medida que forem negociados. "A OMC é vital. Se ela não existisse, teríamos de tê-la criado. Mas a complexidade da catedral da Rodada Doha é sua pior inimiga", disse. "Nunca houve negociação tão complexa. São 153 países, com milhares de tarifas, serviços e outros assuntos."

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Argentina decide elevar tarifas sobre a farinha

O governo da Argentina elevou de 10% para 18% a tarifa de retenção de exportações de farinha de trigo. A alíquota está em vigor desde 28 de julho, segundo informações de um porta-voz do Ministério da Economia daquele país ao Valor. O aumento estava previsto na resolução número 125 divulgada pelo governo. Por essa resolução, a alíquota da farinha tem de ter uma diferença de 10 pontos percentuais [para baixo] em relação às tarifas de trigo em grão [que permanece em 28%] , disse.

A decisão do governo não agradou as indústrias locais. Segundo Alberto España, presidente da Federação das Indústrias Moageiras da Argentina, a medida poderá desestimular as exportações de farinha de trigo e poderá desabastecer importantes mercados, como o Brasil. España disse que o setor moageiro do país não teme as ameaças feitas pelos moinhos brasileiros de entrar com processo antidumping contra os argentinos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Amorim teme aumento dos subsídios agrícolas nos EUA

Sem acordo na atual etapa da Rodada Doha, da Organização Mundial do Comércio (OMC), realizada durante nove dias em Genebra, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, o chanceler Celso Amorim adverte que a principal conseqüência negativa para o Brasil é o aumento dos subsídios agrícolas americanos nos próximos anos, já que ficarão sem novas regras. O diretor-geral da OMC, Pascal Lamy, alerta que o Brasil será um dos países que sairão perdendo com o fracasso da OMC. Ele reconheceu que o colapso do processo será sentido por todos os países emergentes. "O Brasil também perde muito com o fracasso."

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Aeroportos do Rio operam normalmente

Os aeroportos do Rio operam normalmente para pousos e decolagens na manhã desta quinta-feira (31), de acordo com a Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero).

O Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, no subúrbio, registra dois cancelamentos nesta manhã. De acordo com o site da Infraero, não há vôos atrasados.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

30 julho, 2008

Petrobras vai perfurar novos poços no RN

Até o fim do primeiro trimestre de 2009 a Petrobras vai retomar a perfuração marítima de poços no Rio Grande do Norte, em busca de óleo novo e gás. A meta é reverter a curva de declínio em que embarcou a produção do estado há oito anos e superar o recorde registrado em 2004, atingindo, até 2011, a marca de 115 mil barris de petróleo por dia, mil a mais que no último pico.

As estimativas e outros planos de investimentos foram apresentados ontem pelo superintendente da Unidade RN e Ceará, Fernando Lima, e pelo diretor de Produção e Exploração, Guilherme Estrella, que esteve no estado para conhecer projetos de responsabilidade social e para a comemoração dos 40 anos da plataforma P1, a primeira construída pela Petrobras e que desde 2005 presta serviços de apoio à produção no RN. Embora o assunto esteja fora de sua alçada, Estrella frisou que o aumento da produção no país é o que está impulsionando os investimentos da companhia na área de refino e emendou, ainda, que a refinaria de Guamaré pode ser comparada as programadas para o Maranhão e o Ceará, ‘‘porque há perspectiva de que cresça no futuro’’.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Funcionários da Infraero entram em greve

Os funcionários da Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero), estatal que administra os principais aeroportos do país, estão em greve desde as 0h desta quarta-feira (30).

Segundo o diretor de imprensa do Sindicato Nacional dos Aeroportuários, Jorge Luiz, pararam às 0h os trabalhadores das áreas de segurança, manobra, navegação aérea, segurança e manutenção.

O movimento, segundo Luiz, só deve ser afetado a partir das 4h, horário em que aeroportos como o Galeão, no Rio, e Cumbica, em São Paulo, são abertos. A paralisação deve afetar os setores de controle de vôo e de pista, além do despacho e recebimento de cargas.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Barril da Opep cai US$ 1,46, para US$ 121,73

O barril da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) foi negociado nesta terça-feira a US$ 121,73, uma baixa de US$ 1,46 em relação à sessão anterior, informou hoje o secretariado do cartel em Viena.
A empresa de consultoria especializada JBC disse hoje em seu relatório diário que os preços do petróleo nos mercados internacionais registraram novamente uma queda, impulsionados pela baixa demanda de hidrocarbonetos nos EUA.

O presidente da Opep, Chakib Khelil, qualificou de "anormal" o atual preço do petróleo e assegurou que "se o dólar continuar se fortalecendo e a situação política melhorar", em referência ao Irã, os preços da commodity a longo prazo poderiam ficar "em torno dos US$ 78" por barril. (Fonte)

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Ferroeste vai chegar a Palotina e Guaíra

A Ferroeste elegeu Palotina como o primeiro município da região Oeste a apresentar seu plano de expansão, que prevê a construção de 1,2 mil quilômetros de trilhos em vários trechos. No último dia 24, o diretor-presidente da ferrovia, Samuel Gomes, esteve na região para apresentar as metas da empresa para os próximos anos.

O plano de expansão contempla várias ações que, somadas, deverão transformar o perfil ferroviário do Sul do País e alçar a região Oeste como centro irradiador de novas linhas que escoarão a produção agrícola de Estados do Sul e do Centro-Oeste do País, bem como de países da América Latina.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

UE expressa profunda decepção por fracasso da Rodada de Doha

O presidente da Comissão Européia (CE), José Manuel Durão Barroso, expressou sua "profunda decepção" pelo fracasso do relançamento da Rodada de Doha para a liberalização comercial, e assegurou que o bloco "fez absolutamente todo o possível" para chegar a um acordo.

"É uma profunda decepção para a União Européia (UE), a CE e para mim", afirmou Barroso em comunicado.

A CE recomendará aos Estados-membros que avaliem este resultado e que se preparem para voltar a se comprometer com os principais parceiros da UE "no momento adequado".

Barroso reconheceu que se trabalhou para conseguir um "acordo justo e equilibrado" que poderia ter gerado uma situação benéfica para todas as partes e um impulso à economia mundial que teria sido "muito bem amparado".

"Fizemos absolutamente tudo que pudemos para conciliar os diferentes pontos de vista e chegar a um compromisso", ressaltou.

Além disso, Barroso afirmou que este fracasso "não questiona a necessidade de avançar", especialmente para beneficiar os países em desenvolvimento. (Fonte)

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Ex-ministra Marina Silva deve ser a madrinha da P-53

A Quip S/A, empresa responsável pela montagem da plataforma oceânica P-53, está trabalhando de forma intensa para concluir o serviço até o dia 15 de agosto. E, conforme o diretor de suporte corporativo à gestão da empresa, Marcos Reis, essa meta será alcançada. A data de 29 de agosto para o batismo da plataforma até agora está mantida. O evento deverá contar com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que deverá ser a madrinha da P-53, conforme informações já repassadas pelo Palácio do Planalto a Petrobras em Rio Grande. Outras autoridades do Estado e do Município, assim como outras pessoas envolvidas no projeto da indústria naval do Brasil, deverão participar do batismo da plataforma.

Atualmente, os trabalhos a bordo da P-53 se resumem basicamente a testes hidrostáticos, já praticamente concluídos, e de malha elétrica. Segundo Marcos Reis, 87% dos testes estão executados. A expectativa é que não chova muito, para que os trabalhos possam ser feitos sempre no mesmo ritmo, mas "independente do clima, dia 15 a plataforma estará pronta". Os testes são realizados por trabalhadores da Quip e subcontratados.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Aeroporto ficou fechado por falta de teto

A terça-feira de cerração e chuva causou transtornos para quem pretendia chegar ou sair do Rio Grande por via aérea. O aeroporto rio-grandino ficou fechado durante todo o dia por falta de teto. Os três vôos/diários da NHT por Rio Grande foram cancelados. Os passageiros dos dois primeiros (com saída às 7h45min e 11h05min) embarcaram no aeroporto de Pelotas, para onde foram levados em uma Van. Já o terceiro vôo, previsto para sair de Porto Alegre às 16h, foi totalmente cancelado, pois também não havia teto em Pelotas. Neste horário, tanto o aeroporto de Pelotas, quanto o do Rio Grande estavam fechados.

Conforme Mauro Cunha, agente da NHT Linhas Aéreas Ltda em Rio Grande e Pelotas, os passageiros que saíram de Porto Alegre nos dois primeiros horários com destino a Rio Grande desembarcaram em Pelotas e foram trazidos até Rio Grande numa Van. Cunha observa que se o balizamento noturno e a estação de rádio do aeroporto rio-grandino estivessem funcionando, poderiam facilitar os pousos e decolagens no Município em dias de más condições meteorológicas.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Negociações de Doha deixam "ferida" entre Brasil e Argentina

As fracassadas negociações comerciais da Rodada Doha em Genebra deixaram uma "ferida" entre os dois principais parceiros do Mercosul, Brasil e Argentina, afirma nesta quarta-feira uma reportagem do jornal Página/12.

Como outros jornais da imprensa estrangeira, o diário argentino noticia a dissidência brasileira em relação ao G-20, o grupo de países emergentes, ao concordar com uma proposta da Organização Mundial do Comércio (OMC) para concluir a Rodada, após nove dias de intensas reuniões ministeriais.

Em artigo intitulado "Apareceu uma ferida entre os sócios", o Página/12 relata que "o chanceler brasileiro Celso Amorim se adiantou durante o encontro e se pronunciou a favor de aceitar o acordo proposto pela OMC, insuficiente para o G-20, que o Brasil integrava até então junto com outros países em desenvolvimento, como a Argentina".

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Petróleo e virada na crise reanimaram ações

As bolsas de valores americanas se recuperaram ontem, com alta de mais de 2% em reação à queda dos preços do petróleo. Além disso, as últimas baixas contábeis anunciadas pelo Merrill Lynch foram interpretadas como sinal de que uma virada na crise de crédito está prestes a ocorrer.

O índice Dow Jones teve alta de 2,39%, para 11.397 pontos. O Standard & Poor´s 500 subiu 2,34%, a 1.263 pontos. O Nasdaq avançou 2,45%, a 2.319 pontos.

As ações foram ajudadas também por dados que mostraram que a queda mensal dos preços de moradias está desacelerando e que o sentimento do consumidor norte-americano melhorou em julho pela primeira vez em seis meses.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Bovespa subiu 2% e dólar passou a valer menos de R$ 1,57

O cenário externo positivo influenciou os negócios nos mercados brasileiros na terça-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) voltou ao território positivo depois de cinco dias seguidos de baixa e o dólar rompeu o patamar de R$ 1,570. Com outra dinâmica, os juros futuros voltaram a subir na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F).

O cenário que se desenhava era pouco animador, depois que o banco de investimentos Merrill Lynch anunciou novas baixas contábeis e voltou a passar o chapéu no mercado em busca de US$ 8,5 bilhões para reforçar seu caixa.

No entanto, a alta não esperada no índice de confiança do consumidor norte-americano e a queda no preço do petróleo melhoraram a percepção sobre a economia dos EUA, puxando os investidores para ponta compradora. Em Wall Street, o Dow Jones avançou 2,39%, recuperando as perdas de mais de 2% registradas na segunda-feira, assim como o Nasdaq, que ganhou 2,45%.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

África será gravemente afetada pelo fracasso da OMC

O fracasso das negociações para a abertura dos mercados mundiais causa um grave prejuízo ao continente africano, afirmaram nesta quarta-feira em Genebra os representantes do Grupo Africano da Organização Mundial do Comércio (OMC).

"Um dos principais elementos da crise alimentar, ou seja, os subsídios (aos agricultores europeus e norte-americanos) continuará sendo uma obsessão para nós", disse em uma entrevista coletiva à imprensa o ministro do Comércio do Lesotho, Popane Lebesa.

O Grupo Africano instou a OMC, e em particular as sete potências comerciais que lideraram as fracassadas negociações de Genebra, a retomar rapidamente a Rodada de Doha, propondo que as diferenças de riquezas de cada país sejam levadas em consideração no processo de abertura dos mercados. (Fonte)

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Doha fracassa e amplia disputas comerciais

O comércio internacional entra numa fase de mais incertezas para exportadores e importadores e ameaça de novas disputas entre os países, com o colapso, ontem, da negociação global de liberalização, a Rodada Doha, após quase sete anos de discussões. O fracasso se consolidou pela intransigência dos Estados Unidos e da Índia, num confronto sobre medidas para os países em desenvolvimento com agricultura frágil frearem importações agrícolas.

A reação com o colapso da rodada - e em decorrência de um tema complexo, mas periférico até então na negociação - foi resumida por Celso Amorim, ministro das Relações Exteriores do Brasil: Lembro de um escritor italiano [Italo Svevo] que escreveu que se lembrava de tudo, mas não entendia nada. É como me sinto hoje .

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Apesar da greve, Infraero não registra anormalidade nos aeroportos

Os funcionários da Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero), estatal que administra os principais aeroportos do país, estão em greve desde as 0h desta quarta-feira (30). Segundo o Sindicato Nacional da categoria, a paralisação atinge ao menos 12 dos 67 aeroportos do país. A Infraero informa, porém, que aeroportos estão operando normalmente.

A categoria pede reajuste salarial, aumento no valor do vale-alimentação, participação nos lucros e mudanças no plano de carreira.

O movimento, no entanto, será reavaliado nesta quarta. O presidente do Sindicato Nacional dos Aeroportuários, Francisco Lemos, levará à categoria o texto de uma contraproposta salarial da empresa. A oferta e os rumos da greve serão analisados a partir das 8h30.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Gás natural sobe 8% a partir de sexta-feira

Em reunião entre representantes da indústria cerâmica, Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e a diretoria da SCGás, realizada na tarde de ontem foi decidido a fixação de um reajuste de 8% na tarifa do gás natural. O aumento começa a vigorar na sexta-feira, dia 1º agosto.

Segundo o governador do Estado, Luiz Henrique da Silveira, que participou da mediação, é necessário levar em conta vários aspectos importantes no cálculo do preço do gás: a possibilidade pagamento por parte dos clientes consumidores, a necessidade de pagamento dos fornecedores do gás e a remuneração do investimento feito.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Vendas da Macarthur avançam 10% no 2° trimestre

A Macarthur Coal, mineradora de carvão australiana, anunciou hoje, em comunicado, um avanço de 10% nas vendas entre abril e junho deste ano, para 1,226 milhão de toneladas métricas, em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando atingiu 1,112 milhão de toneladas métricas. O resultado foi impulsionado, entre outros fatores, por uma maior número de carregamentos realizados no porto de Dalrymple Bay, no Estado de Queensland.

Já a produção da companhia recuou 4,1% no segundo trimestre deste ano, para 943 mil toneladas. O resultado foi influenciado pela redução na produção da mina de Coppabella, que atualmente passa por um processo de recuperação de operações após uma inundação.

Recentemente, a ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo, adquiriu 19,9% das ações da Macarthur Coal, o que gerou especulações acerca de uma eventual aquisição da mineradora australiana pela empresa controlada pelo magnata indiano Lakshmi Mittal. Pouco depois, a sul-coreana Posco, quarta maior siderúrgica do mundo, anunciou a compra de 10% das ações da mineradora australiana, tornando-se sua terceira maior investidora. (Fonte)

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Vivo tem prejuízo de R$ 59,5 mi no 2º trimestre

A Vivo, maior operadora de telefonia celular do País, teve prejuízo líquido consolidado de R$ 59,5 milhões no segundo trimestre deste ano, o que significa uma redução de 8,6% em relação ao prejuízo de R$ 65,1 milhões registrado no mesmo trimestre do ano passado. Os números dos dois trimestres citados incluem os resultados da Telemig Celular Participações.

A receita líquida da Vivo totalizou R$ 3,791 bilhões de abril a junho deste ano, contra R$ 3,359 bilhões no segundo trimestre de 2007. A geração de caixa medida pelo lucro antes do pagamento de juros, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ficou em R$ 879,3 milhões, o que representa crescimento de 16% na comparação anual. A margem Ebitda passou de 22,6% para 23,2%. (Fonte)

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Petrobrás biocombustivel vai aumentar produção do setor

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva empossou nesta terça-feira (29), em Candeias (BA), a diretoria da Petrobras Biocombustível, que administrará os projetos de produção de biocombustíveis da Petrobras. Em seguida, o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Guilherme Cassel, presidiu a primeira reunião do Conselho de Administração da nova empresa.
Cassel afirmou que a nova empresa irá garantir um "salto produtivo" para a agricultura familiar, que ampliará a produção de alimentos.

A posse da diretoria e a reunião do Conselho de Administração ocorreram após a inauguração da primeira usina de produção da Petrobras Biocombustível. A unidade instalada em Candeias tem capacidade para produzir 57 milhões de litros/ano e pode operar com matéria-prima de origem vegetal (mamona, girassol, soja, algodão, etc.), animal (sebo bovino, suíno ou de frango), ou óleos e gorduras residuais usados em fritura de alimento.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

ArcelorMittal fecha trimestre com bons resultados

O segundo trimestre significou para a ArcelorMittal um lucro líquido de US$ 5,839 bilhões e vendas de US$ 37,840 bilhões. Um ano antes, esses montantes corresponderam a US$ 2,723 bilhões e US$ 27,223 bilhões, respectivamente. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) aumentou 51% entre abril e junho, para US$ 8,046 bilhões, ante os US$ 5,326 bilhões somados no segundo trimestre de 2007.

No primeiro semestre deste exercício, a siderúrgica obteve lucro líquido de US$ 8,210 bilhões, acima dos US$ 4,973 bilhões da metade inicial do ano passado. As vendas totalizaram US$ 67,649 bilhões, excedendo os US$ 51,699 bilhões dos seis primeiros meses de 2007. O lucro antes de de juros, impostos, depreciação e amortização ficou em US$ 13,090 bilhões, comparáveis aos US$ 9,672 bilhões de janeiro a junho do calendário anterior.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Lucro liquido da Santos Brasil cresce 8,8% no segundo trimestre

A Santos Brasil Participações S/A informou ontem que registrou lucro líquido de R$ 16 milhões no segundo trimestre, alta de 8,8% em relação ao mesmo período do ano passado (R$ 14,7 milhões). No primeiro semestre, o lucro caiu 10,2% na comparação com 2007, passando de R$ 36,4 milhões para R$ 32,7 milhões.

De abril a junho, a receita líquida de vendas e/ou serviços cresceu 19,4%, para R$ 174,6 milhões, ante R$ 146,2 milhões no mesmo período do ano passado. De janeiro a junho, a receita somou R$ 334,3 milhões, alta de 16,8% na comparação com os R$ 286,3 milhões registrados em 2007.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

29 julho, 2008

Infraero quer negociar com servidores e evitar greve

A menos de dois dias do início da greve já aprovada por servidores de 12 dos 67 aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), advogados da estatal se reuniram ontem com o procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da 10ª Região, Ricardo José Macêdo de Brito Pereira, e com a procuradora Adriana Silva Machado. A diretoria da empresa reiterou sua disposição de negociar com a categoria, a fim de evitar a paralisação dos serviços aeroportuários.

O teor da conversa entre a Procuradoria Regional do Trabalho e os advogados da empresa não foi divulgado. No entanto, na última sexta-feira, a estatal já havia adiantado que seus diretores teriam uma audiência com representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) para falar sobre a greve, agendada para começar a meia-noite desta quarta-feira (30).

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Cidades disputam futuro terminal de GNL

Governo, políticos e empresários fazem questão de dizer que não há preferência. Rio Grande ou Tramandaí? Se a Petrobras escolher um desses municípios para implantar o terceiro terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) no País, o Estado ganha. O investimento poderá chegar a US$ 500 milhões, dependendo da extensão do gasoduto. A companhia promete definir até novembro sua escolha, que não tem apenas as duas cidades gaúchas no páreo. Mas a área técnica do governo estadual, que subsidiou a estatal, não esconde a preferência pela região portuária do Sul do Estado. Contudo, Santa Catarina também está no páreo.

Os maiores interessados na disputa - os prefeitos das duas candidatas - desfilam vantagens comparativas. Rio Grande, que comportaria um terminal fixo, já possui um porto de grandes dimensões e vive um boom de desenvolvimento alicerçado na indústria naval, em novas estruturas de logística e na possibilidade de receber uma unidade de celulose da Votorantim (VCP). O prefeito Janir Branco destaca que logística é um diferencial importante e que a área de expansão do porto não pode ser ignorada. A proximidade com Uruguai e Argentina seria, lembra Branco, o passaporte para o mercado consumidor. Contudo, há uma desvantagem: a extensão de 300 quilômetros do gasoduto que ligaria Rio Grande à Região Metropolitana, que tem custo estimado em US$ 350 milhões.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Governo enterra de vez biodiesel feito só com mamona

O governo descartou a possibilidade de produzir biodiesel usando apenas óleo de mamona, segundo resolução da ANP (Agência Nacional do Petróleo) publicada em março, informa reportagem de Humberto Medina publicada na Folha.

Celebrado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o produto foi considerado inadequado pela ANP. Pelos parâmetros, o biodiesel produzido apenas com mamona é muito viscoso e poderia danificar os motores. Com todas as demais oleaginosas --soja, pinhão manso, algodão etc.-- é possível produzir biodiesel sem precisar de mistura com óleo ou outro material gorduroso.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Mitsubishi tem lucro de US$ 96 milhões entre abril e junho

A Mitsubishi Motors anunciou hoje que no primeiro trimestre do ano fiscal 2008, entre abril e junho, obteve um lucro líquido de 10,3 bilhões de ienes (US$ 96 milhões).

Os resultados contrastam com as perdas de 8,2 bilhões de ienes (US$ 76 milhões) registradas pela fabricante japonesa de automóveis durante o mesmo período do ano passado.

A Mitsubishi Motors atribuiu a melhora de seus resultados a um aumento de suas vendas nas economias emergentes, especialmente Rússia, Ucrânia e Europa Central, que compensaram a queda de suas vendas em mercados como o japonês e o americano.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

América Latina e Reino Unido puxam lucro do Santander

O Santander divulgou nesta terça-feira uma alta de 22 por cento no lucro líquido recorrente do primeiro semestre, superando expectativas do mercado graças ao crescimento obtido na América Latina e na Grã-Bretanha. Apesar disso, analistas demonstraram preocupação com o crescimento no volume de créditos duvidosos em seu mercado doméstico.

O segundo maior banco da Europa, um dos poucos bancos globais sem exposição aos empréstimos imobiliários de alto risco dos Estados Unidos, informou que o lucro líquido alcançou 4,73 bilhões de euros (7,5 bilhões de dólares) ante previsão média de 10 analistas consultados pela Reuters de ganho de 4,53 bilhões de euros.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Faturamento da Perdigão cresce mais de 80% no 2° trimestre

A Perdigão fechou o segundo trimestre de 2008 com um faturamento bruto de R$ 3,3 bilhões, valor 81,2% superior ao obtido em igual período do ano anterior. O crescimento se deve ao aumento de vendas tanto em volumes quanto em receitas nos mercados interno e externo.
A estes fatores, somam-se a consolidação dos resultados da aquisição da Eleva/ Cotochés, entre outras, além da parceria firmada com outros processadores de lácteos para a produção terceirizada.

As exportações apresentaram elevação de 45,4% em volumes de carnes e 64% em receitas totais, atingindo R$ 1,3 bilhão. O crescimento da demanda internacional por proteína animal (aves e suínos) do Brasil sustentou o desempenho positivo no mercado externo, mesmo diante da contínua apreciação do real em relação ao dólar e do aumento do preço das principais commodities verificado no trimestre, bem acima do patamar registrado no período anterior.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Negociação da OMC prosseguirá na terça-feira

Os negociadores das sete potências comerciais que tratam de salvar a Rodada de Doha voltarão a se encontrar nesta terça-feira, anunciou o ministro de Comércio da Índia, Kamal Nath.

Os representantes de Brasil, Estados Unidos, União Européia, Índia, Japão, Austrália e China, que tinham retomado suas consultas por volta da meia-noite, mantiveram "intensas discussões e elas prosseguirão" durante o dia de amanhã, disse Nath.

O encontro deve começar a partir das 09H00 local (04H00 Brasília), disse o chanceler brasileiro, Celso Amorim, admitindo que as discussões prosseguem "sobre o fio da navalha".

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Barril de petróleo opera próximo de US$ 125 em Nova York

O preço do barril de petróleo do tipo WTI, com vencimento em setembro, operava há instantes com alta de 0,14%, cotado a US$ 124,91 na Bolsa de Mercadorias de Nova York (NYMEX, sigla em inglês).

A alta da commodity é incentivada pela notícia de que rebeldes atacaram dois oleodutos da Shell na Nigéria. O Movimento de Emancipação do Delta do Níger (MEND) afirmou que sabotou dois oleodutos da petrolífera no estado de Rivers (sul da Nigéria).

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Tensão marca negociações em Genebra

Keith Rockwell, porta-voz da Organização Mundial do Comércio (OMC), declarou que as negociações entre as sete grandes potências comerciais sobre a liberalização dos mercados atravessam um momento "muito tenso". Rockwell também afirmou que, no encontro de ontem, várias propostas foram analisadas, sem que houvesse qualquer acordo.

O maior ponto de discórdia é o chamado Mecanismo de Salvaguarda Especial (MSE), que a Índia quer obter para proteger seu mercado agrícola.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Cassel participa de inauguração de usina de biodiesel amanhã

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, participa nesta terça-feira (29) da comitiva que acompanhará o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na inauguração da primeira unidade de produção comercial de biocombustível da Petrobras. A unidade, instalada em Candeias (BA), a 55 quilômetros de Salvador, terá capacidade para produzir 57 milhões de litros de biodiesel por ano.

Juntamente com outras duas usinas da Companhia, a nova planta deverá gerar trabalho e renda para 55 mil agricultores familiares. A solenidade de inauguração da unidade e a posse de seus diretores acontece às 10h.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Lula visita Argentina em plena tensão bilateral

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega à Argentina neste domingo (3) em "plena tensão bilateral", afirma uma reportagem publicada nesta quarta-feira no jornal argentino "La Nación".

Segundo o diário, a tensão entre os dois países se deve às diferenças de posição entre Brasil e Argentina nas negociações da Rodada Doha e aos novos conflitos comerciais relacionados à farinha argentina e à redução alfandegária adotada pelo Brasil.

"Lula será o primeiro chefe de Estado a visitar sua parceira Cristina Kirchner depois da crise do setor agrícola, mas chegará justo quando há diferenças entre os dois países", diz o jornal.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Rodada Doha está por um fio

O alerta foi dado pelo ministro das Relações Exteriores, o chanceler Celso Amorim, ao deixar ontem a sede da Organização Mundial do Comércio (OMC) em plena madrugada e depois de 13 dias de impasse total.

"Não há um acordo. O tempo está acabando", lamentou Amorim, que apresentou uma série de propostas para tentar romper o impasse.

A esperança de um acordo na entidade se desfazia à medida que a reunião dramática entre os ministros entrava pela noite, com intransigências de chineses, indianos e americanos. "Não sabemos sequer se a Rodada está viva ou morta", afirmou um alto funcionário da entidade. Para muitos, o que se tenta agora é encontrar um culpado para declarar oficialmente o fim do processo. Durante os debates, um dos ministros chegou a sugerir um entendimento para declarar uma "aterrissagem suave". Ou seja, decretar o fim do processo, mas de uma forma diplomática para permitir que o processo pudesse continuar em alguns meses ou anos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Paranaguá é o sexto porto em volume de cargas

O Porto de Paranaguá movimentou no ano passado 37,599 milhões de toneladas de cargas, volume 17,5% maior do que o registrado em 2006 - quando a quantidade chegou a 31,985 milhões de toneladas - e o melhor resultado nos últimos cinco anos.

Foi o segundo ano consecutivo em que o volume de cargas cresceu em Paranaguá. Em 2004 e 2005, o volume havia caído em relação aos anos anteriores - foram 32,4 milhões de toneladas em 2003, reduziu para 31,4 milhões no ano seguinte e para 29,2 milhões em 2005.

Em nível nacional, também houve crescimento no volume movimentado, mas menor: o aumento foi de 9%, passando de 692,8 milhões de toneladas de cargas em 2006 para 754,7 milhões de toneladas no ano passado.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Cadastro deve diminuir revendas de GLP no Paraná

Revendedoras de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP, conhecido popularmente como gás de cozinha) do Paraná vão receber orientações sobre o cadastramento obrigatório na Agência Nacional de Petróleo (ANP).

O cadastramento, que começa dia 1.º de outubro, vai eliminar as revendas que estão operando normalmente, mas com documentação desatualizada. As empresas criadas antes de novembro de 2003 precisam se adequar à portaria 297/03 da agência reguladora.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Setps diz que não participa de concessão de gratuidade

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps) encaminhou nota à redação do Correio da Bahia informando que, a propósito da matéria “Portador de doença rara luta para conseguir gratuidade”, publicada na edição de ontem, não participa dos processos de triagem e avaliação médica nem social de beneficiários do passe-livre de portadores de deficiência.

O texto informa ainda que o motorista Dilson Oliveira, portador de miopatia mitocondrial, doença rara que atinge os músculos, não conseguia adquirir a carteira na entidade. Tal procedimento é realizado pela Unidade de Gratuidade das Pessoas com Deficiência (UGPD), órgão da estrutura da Secretaria Municipal de Transporte e Infra-estrutura (Setin).

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

28 julho, 2008

Gol adota medidas para gerar economia

A Gol Linhas Aéreas começa, a partir de hoje, a desligar um dos dois motores dos seus aviões após o pouso para reduzir o consumo de combustível. Além disso, planeja alterar o sistema gerador de eletricidade e ar condicionado para o avião. As mudanças recém-anunciadas pela empresa foram testadas nos últimos meses e podem representar uma economia de cerca de R$ 22 milhões neste ano, o equivalente a 0,6% da conta de combustível prevista pelo grupo.

Um dos motores das aeronaves será desligado três minutos após a aterrissagem. Segundo comunicado da Gol, cada vez que isso ocorrer serão poupados R$ 66. É um procedimento muito comum entre as companhias aéreas dos Estados Unidos , afirma Fernando Rockert de Magalhães, vice-presidente técnico da companhia. Atualmente, somos a única empresa no país que emprega essa medida.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Negociações da OMC entram na segunda semana em meio a trocas de acusações

As negociações da Organização Mundial de Comércio (OMC) em Genebra entraram nesta segunda-feira em sua segunda semana com os ânimos exaltados e fortes acusações dos Estados Unidos contra Índia e China, que segundo os norte-americanos estariam comprometendo um acordo de abertura dos mercados mundiais.

"O jogo de acusações começou. Os Estados Unidos estão apontando Índia e China, e a China respondendo com dureza", declarou um diplomata à AFP ao se referir a uma reunião de representantes dos 153 países da OMC.

A resposta indiana foi mais moderada, acrescentou.

Os ministros de 35 países dos 153 da OMC iniciaram na segunda-feira passada uma reunião-chave para tentar salvar a Rodada de Doha, lançada em 2001.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Petrobras inaugura sua primeira usina de biodiesel

A primeira usina de biodiesel da Petrobras, instalada em Candeias, na região metropolitana de Salvador, será inaugurada amanhã, às 10h30, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Resultado de um investimento de R$78 milhões, a indústria tem capacidade para produzir inicialmente 57 milhões de litros do combustível por ano. Ao todo, 29 mil pequenos agricultores foram contratados para fornecer grãos de mamona e girassol, matérias-primas do biocombustível. Mas este número deve chegar a cem mil famílias quando a planta da estatal atingir a sua capacidade máxima.

Atualmente, a Bahia é o segundo estado brasileiro que mais produz biodiesel. A nova planta de biodiesel da Petrobras, que já conta com a Brasil Ecodiesel, em Itaquara, e Comanche, em Simões Filho, deve garantir a elevação da produção do combustível no estado nos próximos oito anos, passando dos 71.774 metros cúbicos, em 2007, para 416 mil metros cúbicos/ano. A estimativa é da diretora de Fortalecimento Tecnológico Empresarial da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Telma Côrtes Andrade. Ela afirma que a Bahia possui uma excelente oportunidade para ser um dos maiores produtores de biodiesel do Brasil.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística

Porto Municipal de Itajaí irá ampliar área de armazenagem em 64 mil metros quadrados

Os trabalhos devem ser concluídos até o final do ano

O superintendente do Porto Municipal de Itajaí, Arnaldo Schmitt Júnior, participou de uma reunião na tarde desta sexta-feira, 25, com o superintendente do Teconvi, Walter Joos, para discutir os planos de expansão e ampliação do Porto de Itajaí. O projeto, que inclui a implantação final da Área B, a demolição do armazém 2 e da área da antiga administração, vai ampliar em 64 mil metros quadrados a área para armazenagem de contêineres.

Com a construção do novo prédio da Capitania dos Portos, o Teconvi irá finalizar a implantação da Área B, aumentando o espaço para armazenagem de contêineres em 25 mil metros quadrados. O local da antiga administração, com, aproximadamente, 2.500 mil metros quadrados, e o armazém 2, com 6.400 mil metros quadrados, também serão demolidos.

Clique aqui e veja a notícia na íntegra.

Postado Por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística